seg, 12 de abril de 2021

Jornal A Plateia Digital - 03.04.2021

Última Edição

Jurema Luz

A CHINA E SUA VORACIDADE

Não é preciso ser muito inteligente, nem muito bem-informado para se dar conta do que a China vem fazendo ao mundo desde há muito tempo.

Que atitude tomar

Este texto é a continuação do assunto da semana passada. Como sabemos, hoje – sábado 27/02, nosso Estado entra na bandeira preta. Continuo assistindo inúmeros

A vacina – 2

O ser humano é bom, até que deixe de ser. O ser humano é confiável até que deixe de ser. Resolvi fazer uma pesquisa sobre

A vacina – 2

O ser humano é bom, até que deixe de ser. O ser humano é confiável até que deixe de ser. Resolvi fazer uma pesquisa sobre

Ponto de vista

Outro dia escrevi que uma ação será considerada positiva ou negativa dependendo do ponto de vista de quem a descreve. Uma mesma ação terá quinhentos

Manter-se incólume

Há um ditado espanhol que diz: “Más sabe el Diablo por viejo, que por diablo”. Entonces soy yo! Tinha escrito um texto sobre acumuladores para

A utilidade de nossos conhecimentos

Longe de mim dizer que o conhecimento ocupa espaço, se assim fosse eu, com minha idade, deveria (e em alguns casos acho que tenho) ter

A vacina

O Estado de São Paulo, na figura de seu governador João Dória, não sai da mídia por causa da vacina Coronavac, feita na China. De

Cada cabeça uma sentença

Quem acompanha a política local sabe que foi eleita uma mulher, delegada de profissão, como nossa governante. E, nessa semana, circulou pelas mídias uma foto

Adeus Ano Velho, feliz Ano Novo

Como é de praxe, em todos os fins de ano fazemos uma retrospectiva local, ou nacional, ou mundial enumerando os fatos mais relevantes bons ou

Muda o cocô, mas as moscas …

Vocês já amaram um lugar. Eu digo AMAR. Sabem, morar naquele lugar paradisíaco, com água do mar azul e cristalina, cachos de bananas amadurecendo no

A vontade política e a mulher

Quem for a Rivera à noite verá uma cidade linda, iluminada com motivos natalinos. As ruas principais (Sarandi, Av. Brasil e Presidente Vieira) por onde

O excesso de informação

Até o início dos anos 1970, mais ou menos, as informações eram dadas em conta-gotas. Isto é, lá pelas tantas eram publicadas ideias revolucionárias em

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies