qui, 18 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Caminhada alusiva ao dia mundial da luta contra a AIDS é realizada pelo SAE

Evento movimentou funcionários da Saúde e escolas

Diversas ações de celebração do Dia Mundial contra a AIDS e do mês conhecido como Dezembro Vermelho são realizadas, com apoio e participação do UNAIDS no Brasil. O objetivo desta estratégia é ajudar a dar voz aos diversos atores envolvidos neste objetivo comum: o de acabar com a epidemia de AIDS até 2030.
Em 1987, a ONU criou esta campanha e, em 1991, a fitinha vermelha surgiu com artistas de Nova York, para lembrar a luta contra a AIDS e transmitir compreensão, solidariedade e apoio aos portadores do vírus HIV. No Brasil, o projeto foi adotado em 1988, pelo Ministério da Saúde.

Em Livramento, o evento foi Binacional, sendo realizada uma semana com diversas atividades. Desde testes rápidos de HIV, Hepatite e Sífilis no Largo Hugolino Andrade, mateada na Praça Flores, em Rivera, palestras debatendo o assunto no auditório da Unimed e culminando com uma caminhada alusiva ao Dezembro Vermelho.
Fabiana Boldrini, Coordenadora do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), comentou sobre a importância da não discriminação de pessoas soropositivas: “Essa caminhada foi para buscar a visibilidade para o HIV, nós precisamos falar, pois se não houver notoriedade de toda a sociedade de que a doença existe a ela continuará se propagando. Realizamos a entrega de preservativos e cartilhas informativas”, conta.
Em Sant’Ana do Livramento, o número de casos de HIV chega a 300 casos confirmados e em tratamento contínuo está em torno de 260: “Mundialmente, os números são maiores pois muitas pessoas, sequer sabem que são portadores do vírus, por isso é muito importante a questão da prevenção e realização de exames de rotina para que a doença, caso descoberta, seja tratada logo em seu início”, encerra.a

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem