qua, 17 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Semana é marcada por acidentes de trânsito

Em acidente mais grave, motociclista teve fratura exposta em uma das pernas

É aprendido na sala de aula dos Centros de Formação de Condutores (CFC), que uma das principais regras no trânsito é sempre se manter atento. Atenção é uma das principais causas de acidentes, e nesta semana ocorreram quatro acidentes, três com vítimas e danos materiais e um apenas com danos materiais.
Os três acidentes com vítimas aconteceram entre carro e motocicleta. O risco para os condutores de motos é ainda maior porque sua única proteção é o capacete.

18 de Novembro

Motociclista sofre fratura exposta em acidente. Na segunda-feira (18), a vítima de iniciais P.L.A, estava em deslocamento para o trabalho pela rua Silveira Martins, quando ao se aproximar do cruzamento com a rua Vasco Alves foi surpreendida por um carro que avançou e cortou sua frente. Assustada, ao tentar desviar, acabou caindo. Com a queda, sua perna esquerda acabou sendo fraturada e o osso ficou exposto. Vários populares, rapidamente, tentaram ajudar fazendo sombra para que a vítima não ficasse ao sol escaldante que fazia. Uma grande fila de automóveis se formou, o Corpo de Bombeiros e o SAMU rapidamente foram ao local, prestando o devido socorro e levando-a, a seguir, para a Santa Casa de Misericórdia.

19 de Novembro

Foto: Marcelo Pinto/AP

Na terça-feira (19), dois acidentes foram registrados no mesmo momento, um no cruzamento das ruas duque de Caxias e Silveira Martins, este acidente sem danos, onde, segundo informações, uma camionete trocou de pista sem indicação e resultou em danos materiais nos dois veículos.
O outro acidente aconteceu no cruzamento das ruas Hugolino Andrade e Vasco Alves envolvendo um automóvel e uma motocicleta. Segundo informações, o motociclista teria cortado a frente do automóvel. O homem que pilotava a moto acabou sofrendo ferimentos leves e precisou de atendimento. Duas ambulâncias, uma da SAMU e outra do Corpo de Bombeiros foram ao local para prestar socorro. Uma guarnição da Força Tática da Brigada Militar auxiliou os motoristas durante o atendimento.

20 de Novembro

(Foto: Jeanine Badra)

Na quarta-feira (20), outro acidente foi registrado nas ruas da cidade. Desta vez, o fato ocorreu no cruzamento das ruas Vinte e Quatro de Maio e Duque de Caxias e envolveu uma motocicleta e um veículo. Desta vez, a moto teve a frente cortada pelo veículo que subiu pela rua Duque de Caixas em direção ao centro. Com o impacto, a moto foi parar debaixo do carro. Felizmente, o motociclista sofreu apenas ferimentos leves. Pela proximidade ao quartel do Corpo de Bombeiros os próprios militares efetuaram o primeiro atendimento no local. A vitima foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia.

Dicas para evitar acidentes

O agente de trânsito Luciano Mansilha passou dicas de como prevenir acidentes e evitar que alguém próximo seja vítima: “Deve-se sempre evitar falar ou manusear celular na direção de veículos, as menores distrações ao volante nos trazem riscos muito sérios. Ter a velocidade compatível com as vias de trânsito. Obrigatoriamente todos os ocupantes do veículo devem utilizar o cinto de segurança, principalmente crianças com os dispositivos de retenção, conforme idade. No caso dos ciclistas, transitarem sempre pelo acostamento ou próximo ao meio-fio. Pedestres: transitarem pela calçada, sempre que for atravessar a rua procurar uma faixa de travessia de pedestres, aplicando a regra do VER e SER VISTO. A ingestão de bebida alcoólica, assim como qualquer outra substância entorpecente, causa diversos efeitos, como a visão embaralhada e perda da noção de espaço

João Victor Montoli
[email protected]

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem