qui, 18 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Eleições para conselheiros tutelares acontecem neste domingo

No próximo domingo (6) tem eleição para escolher os novos Conselheiros Tutelares. A votação acontece das 9h às 17h. Todos os eleitores podem participar e escolher as pessoas que vão ajudar proteger as crianças e adolescentes nas cidades. Ao todo, são 20 candidatos em Sant’Ana do Livramento.

Locais de Votação:

Celia Arteche, chefe do Cartório Eleitoral de Sant’Ana do Livramento informa sobre os locais de votação: “Serão 17 urnas que estarão em 6 locais de votação. Quem vota no Armour, deverá se dirigir à escola Cyrino Luís de Azevedo; quem vota no Wilson deverá ir à escola Silvio Ribeiro CAIC; quem vota na escola Vitélio Gazapina, escola Olavo Bilac e escola Dr. Élbio será concentrado na escola Vitélio Gazapina; para quem vota nas escolas Abreu Fialho, Hector Acosta e Pedro Alencastre deverá se dirigir à escola Hector Acosta; quem vota no Centro e Zona Rural deverá se dirigir para a Unipampa; quem vota no Celina e no Moyses Viana deverá votar na escola Moyses Viana. E terá uma urna no Centro de Saúde”, informou.

Como votar

Para votar, o eleitor deverá levar título eleitoral e documento de identidade. De preferência, levar também o comprovante de voto da última eleição, de forma que seja identificada com agilidade a mais recente numeração de sua zona e seção eleitoral, uma vez que o TRE constantemente procede modificações nessas numerações.

Confira os candidatos e seus números:

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem