Governo do Estado libera atividades esportivas

Decisão pode favorecer o retorno do Citadino de Futsal ainda em 2020
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na última segunda-feira (14), o Governo do Estado do Rio Grande do Sul publicou o Decreto 55.482, o qual, entre outras determinações, anuncia a liberação das atividades esportivas, competições e funcionamento de clubes sociais e de futebol, desde que o município esteja há, pelo menos, duas semanas consecutivas dentro da bandeira laranja ou amarela do programa de distanciamento controlado.
Com essa nova disposição, surge a expectativa de retorno do Citadino de Futsal de Livramento (CFL). Tendo o dia 18 de março como o prazo final para as inscrições de equipes e atletas, o campeonato, organizado pela promotora Arena Eventos, foi surpreendido pela pandemia do novo Coronavírus e, com isso, nem chegou a começar a nova temporada.
Entretanto, com a publicação do novo decreto estadual, a organização da competição vê a possiblidade de retorno mais próxima, mas destaca a importância da presença de público. “Para nós, é fundamental a questão de público, mesmo que reduzido. Nem que tivéssemos um público limitado a 10 ou 15% da capacidade do ginásio, mas sem público fica inviável para fazer”, explica Alan Badra, responsável pelo campeonato.
Ainda em sua fala, o empresário diz que o retorno da competição depende também das orientações e regramentos do Executivo Municipal. “De qualquer forma temos que aguardar a manifestação da Prefeitura. O Estado autoriza, mas quem determina como vai ser é a Prefeitura. Eu dependo desses dois viés, primeiro a Prefeitura autorizar e ter público”.
De acordo com Badra, mesmo antes da liberação por parte do Executivo, a equipe organizadora do CFL já está trabalhando para a criação de um protocolo sanitário para promover um ambiente seguro tanto para atletas quanto para o público. Perguntado sobre eventuais mudanças no formato da disputa, o empresário disse que, provavelmente, a competição terminasse no ano que vem. “Eu acredito que daria (para retornar ainda em 2020). De repente com uma versão mais enxuta do campeonato e entrando verão a dentro. A característica do campeonato foi sempre terminar no fim de novembro. […] Aí teríamos que conversar com os times. […] Nós estávamos aguardando acontecer algo mais, mas agora com essa autorização já dá pra dar uma pensada nisso”.

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies