Bastidores – Edis Elgarte – 13/06/2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fronteira contra o vírus


O Governo do Estado já encaminhou ao Ministério da Saúde do Uruguai, com cópia ao Ministério brasileiro e a outros setores da União e Congresso Nacional, a proposta de texto base para o trabalho conjunto de enfrentamento ao contágio da Covid-19 combinado por uma comissão binacional sugerida pelo presidente da Comissão do Mercosul da Assembleia Legislativa gaúcha, deputado Frederico Antunes. O documento brasileiro propõe basicamente uma série de ações que já foram adotadas e testadas no próprio território gaúcho, incluindo as cidades-gêmeas de fronteira.
Frederico Antunes acredita que o acordo seja aprovado ainda nesta semana, o que deverá provocar a vinda ainda nesta próxima semana ou, no máximo, início da semana seguinte, do governador Eduardo Leite e do presidente Luis Lacalle Pou, para assinarem o documento conjunto.
Otexto praticamente formaliza os termos já acertados pelo grupo binacional do qual fizeram parte, além do próprio Frederico Antunes, o Embaixador do Brasil no Uruguai, Antonio Simôes, as secretárias da Saúde, Arita Bergmann, e de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos, o diretor da Secretaria de Saúde do RS Bruno Naundorf, o Prefeito Ico Charopen, a intendente Alma Galup, o secretário Eder Fialho e a coordenadora da Vigilância Epidemiológica Gabriela Formoso, além de representantes dos Ministérios da Saúde e Relações Exteriores do Brasil e do Uruguai, como mostra o registro fotogáfico feito pelo jornalista Cristiano Guerra.
Dentre as ações propostas, o RS sugere a aplicação também em território uruguaio do método de bandeiras para definir a situação de cada região e os protocolos de prevenção a serem adotados. Além disso, nesse primeiro momento, é possível que o Uruguai forneça testes PCR para a população de Sant’Ana do Livramento.

Tucanos em campo

O vereador Marco Monteiro deu uma boa agitada no PSDB santanense desde que se filiou ao partido e assumiu sua presidência, a pedido dos próprios tucanos locais. Na semana passada ele visitou o superintendente do INCRA, Tarso Teixeira, que confirmou a inclusão de Livramento entre os primeiros municípios a receberam a entrega de Títulos de Propriedade para famílias assentadas. Antes da foto oficial, Teixeira também confirmou a destinação de mais R$ 100 mil para o custeio de obras na zona rural de Livramento.

Verba confirmada

Além dos recursos para o setor primário, o vereador Marco Monteiro recebeu outra boa notícia esta semana durante uma videoconferência com integrantes da direção estadual do PSDB e deputados tucanos. Ao fazer um relato sobre a situação da Fronteira e a necessidade de uma maior atenção para a região, o vereador, que preside o partido em Livramento, recebeu uma manifestação do deputado federal Daniel Trzeciak, destinando R$ 100 mil – já liberados para a Prefeitura – para a Santa Casa local.

Energia renovável

Enquanto nos bastidores da política os comentários vão e vêm a respeito da participação de seu partido nas eleições municipais, o presidente do PTB e pré-candidato a prefeito Claudio Coronel se dedica a ações pontuais, sem entrar no debate sobre seu futuro provável. Esta semana, acompanhou uma equipe de agentes do OMS CORPORATIVE, que representa um grupo espanhol interessado em investimentos em energia eólica e energia solar fotovoltaica. Os agentes, que foram levados por Coronel até a região do Sarandi, também manifestaram interesse na compra de carnes bovina, suína e de frango, além de soja e leite em pó.

Temáticas

O vereador Dagberto Reis está feliz da vida com os resultados que vêm alcançando com a realização de “lives” através das redes sociais, abordando temas pontuais como a situação da saúde durante a pandemia, as dificuldades enfrentadas na área cultural, as alternativas dos pequenos produtores, empreendedores individuais e trabalhadores da Economia Solidária, entre outros. As “lives”, que contam com a participação de convidados representantes de cada área abordada, têm alcançado um significativo número de visualizações e, principalmente, de participações nos fóruns propostos.

Canal local

O presidente e pré-candidato a prefeito pelo PSC, Airton Costa, será o portador de documento que destina mais R$ 250 mil indicados pelo deputado Bibo Nunes, do PSL, para pavimentação de ruas em Livramento. Vai entregar o ofício ao prefeito Ico Charopen na próxima segunda.

Fogo amigo?

O vereador Enrique Civeira voltou a criar polêmica nos bastidores políticos. São fortes os rumores sobre um novo descompasso com a condução administrativa do prefeito Ico Charopen. Civeira tem feito comentários ácidos nas redes sociais a respeito de ações pontuais de vários setores do Governo e a suposta contrariedade em relação à gestão municipal já é comentada inclusive entre integrantes da própria equipe administrativa. O vereador, que preside a comissão processante do pedido de cassação da vice-prefeita Mari Machado, teria até mesmo reunido alguns membros do PDT, extraoficialmente, para manifestar suas críticas.

Majoritária

As razões pelas quais o vereador Enrique Civeira estaria voltando suas cargas contra o prefeito Ico Charopen, de acordo com alguns apoiadores da atual Administração, poderiam estar em uma eventual aproximação do Chefe do Executivo com o PTB presidido por Claudio Coronel. Uma possível dobradinha em chapa majoritária, na próxima eleição, não pode ser considerada impossível. Ico e Claudio são amigos pessoais e já caminharam lado a lado em outras campanhas. O eventual protagonismo do petebista, ao lado de Ico, não teria sido bem recebido pelo vereador, que tem sido um dos principais conselheiros do Prefeito nos últimos 2 anos e meio da atual gestão.

Foco técnico

Quem acompanha a movimentação política pelas constantes manifestações dos agentes públicos nas redes sociais também já constatou a mudança nos posicionamentos de Enrique Civeira em relação ao Governo. Publicamente, porém, o Vereador tem focado mais na qualidade dos serviços públicos do que no momento político.

Bastidores – Edis Elgarte – 11/07/2020

Luz, câmera… partiu, campanha O adiamento das eleições para o mês de novembro não representa um período de folga para os pré-candidatos. Mesmo quem já