Asilos e igrejas adotam estratégias para evitar aglomerações

Os lares para idosos e templos religiosos adotaram na última semana medidas para evitar a possível contaminação de seus assistidos e fiéis. Por orientação da Prefeitura Municipal, solicitando que seja evitado qualquer tipo de aglomeração, estes locais tiveram de limitar o acesso às suas dependências e estão compensando com a realização de “encontros” online.

Asilos

Falando dos lares para idosos, o problema se agrava ainda mais, pois justamente é o local que possui mais pessoas de grupo de risco. Alguns lares limitaram o número de acesso de familiares por visita. A solicitação da direção destes estabelecimentos é de que se possível, os familiares que desejem visitar seus parentes deverão realizar rodízios, para evitar o ingresso de muitas pessoas nos espaços.

Templos Religiosos

A paróquia Nossa Senhora do Rosário, divulgou uma nota orientando seus fiéis, o Padre Leandro Lopes comentou sobre as determinações: “Confiantes da intercessão do Mártir São Sebastião, patrono de nossa Diocese, pedimos ao Senhor da Igreja que nos livre da peste, da doença e da fome. Desejamos a todos uma vivência da Quaresma mais intensa por meio do jejum, da esmola e da oração por nossa conversão, por aqueles que sofrem e pelo fim desta epidemia. Fiéis idosos, doentes, enfermos com gripe ou resfriado ou que tenham suspeitas desses sintomas deverão permanecer em suas casas e acompanhar a Santa Missa pelos meios de comunicação (rádio, tv, internet). Em reunião, o Pe Juberto, o Pe Alex e eu (Pe Leandro Lopes), tendo em conta o momento atual e as recomendações antes mencionadas, decidimos, por ora, manter a celebração da Santa Missa, nos horários de costume, somente nas matrizes, Sant’Ana, Santa Terezinha, e Rosário, respeitando o limite máximo de 50 pessoas, conforme determina o decreto da prefeitura para as atividades religiosas”.
Algumas igrejas evangélicas também limitaram o número de fiéis. Outra medida tomada por uma dessas igrejas foi a realização de cultos online, onde o pastor inicia uma transmissão ao vivo através de seu facebook, para a pregação da para de Deus. Com essa ação é evitado qualquer tipo de aglomeração que possa potencializar a propagação do Coronavírus.

Grupo Aplateia