Bastidores – Por Edis Elgarte – 21/12/2019

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Retorno histórico

O vereador Romário Paz ainda não tinha completado seu 11º aniversário, em 1990, quando um vereador de seu futuro partido, o MDB, assumiu pela última vez a presidência do Poder Legislativo Municipal. O respeitado médico Nei Almeida exerceu o cargo de 1º de janeiro até 31 de dezembro de 1990. Depois disso, mesmo elegendo sempre representantes em todas as legislaturas, o partido não teve mais nenhum vereador na Presidência da Mesa Diretora da Câmara. Na última quarta-feira, 29 anos depois de Nei Almeida, coube ao próprio Romário mudar a escrita da história.

O Vereador foi eleito presidente do Legislativo Municipal com a maior votação nominal na atual Legislatura, que iniciou em 2017 e termina em 31 de dezembro do ano que vem. As presenças de emedebistas da velha guarda (foto abaixo) , como o empresário e ex-vereador Veco Lima, o ex-presidente do partido, Carlos Flores, e o advogado Paulo Borges – cogitado para assumir o posto de assessor jurídico da Presidência – demonstraram na sessão que garantiu a eleição de Romário, o apoio do partido nesse momento histórico da reconstrução partidária.

O MDB, segundo suas lideranças, olha para o futuro.Quer deixar o posto de coadjuvante e voltar a uma posição de protagonista na política municipal, escorado na participação histórica como uma das maiores siglas da América Latina. Dentre as questões mais imediatas na pauta partidária, as eleições do ano que vem. Ainda não há decisão a respeito. Em termos eleitorais, o momento é ainda de flertes. Interessados terão que conversar com o presidente do partido, agora também presidente da Câmara de Vereadores, Romário Paz.

Trabalho reconhecido, mas contínuo

O trabalho do vereador Antonio Zenoir na luta contra o pacote de medidas do Governo do Estado recebeu o reconhecimento do presidente da Assembleia Legislativa gaúcha, deputado Luis Augusto Lara.
Em entrevista a um dos mais badalados programas da rádio Gaúcha, Lara citou o nome de Zenoir como “uma nova e importante liderança”, destacando a mobilização que o vereador fez com várias Câmaras de Vereadores do Estado, protocolando moções de repúdio e de apoio, pedindo a retirada do Regime de Urgência da tramitação do pacote e repercutindo o assunto diretamente nos gabinetes dos deputados e da própria Presidência. Motivado, Zenoir não para: esta semana, representando os colegas vereadores de Livramento, esteve novamente em Porto Alegre encaminhando as demandas aprovadas das comunidades do Professor Chaves e Alceu Wamosy contra o fechamento de turnos e conversou com os deputados integrantes da comissão de educação, Deputados Luiz Marenco e Sofia Cavedon, que, juntamente com os deputados Zé Nunes e Sérgio Peres, se colocaram à frente dessa luta e ficaram de intermediar essas demandas junto à Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul.

No direito

O prefeito afastado do município de Bagé, Divaldo Lara, conquistou na última quinta-feira o direito legal de voltar ao cargo e retomar a administração da vizinha cidade. Lara estava afastado por decisão liminar da Justiça em uma ação de improbidade administrativa, mas a determinação foi suspensa na quinta-feira por decisão do desembargador Eduardo Uhlein, da 4ª Câmara Civil, em Agravo de Instrumento impetrado pela defesa do prefeito bageense. O Desembargador concluiu que já não existem razões para manter o afastamento, ainda que o processo continue tramitando.

Eólica

O PTB santanense pretende promover uma grande audiência pública no início de 2020 em Livramento para proporcionar a troca de informações atualizadas a respeito dos projetos de geração e transmissão de energia elétrica nos campos da fronteira. O presidente do partido, Claudio Coronel, e o vereador Germano Camacho acertaram na quinta-feira, em reunião com o deputado Maurício Dziedricki, a participação das comissões de Ciência e Tecnologia e de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara Federal. A audiência deve ser realizada no início de março.

Na Justiça

O vereador Aquiles Pires aguarda novidades para breve a respeito das denúncias que encaminhou ao Tribunal de Contas sobre problemas no pagamento dos adicionais a professores municipais, sobre o abandono de máquinas e da usina de asfalto pela Secretaria de Obras, o sucateamento do transporte escolar e ainda a Santa Casa. Ele esteve na unidade de Santa Maria do TCE e pediu agilidade na apuração dessas questões.