Bola rola às 19h em mais um domingo de jogos pelo CFL 2019

Pelo segundo domingo consecutivo, o Futsal vira atração no final de semana com a antecipação da rodada de terça-feira pelo Citadino de Futsal 2019. A série de três jogos, um pela Sub 15 e dois pela Série Ouro, inicia às 19h deste dia 25, meia hora depois que o ginásio do Guanabara abre os portões para receber o público.
Na Sub 15, Fronteira e Carolina fazem a segunda partida da primeira fase. O Carolina venceu e o Fronteira perdeu na estréia. Na sequência da rodada jogam pela Ouro, Atlântico, que faz sua terceira partida da primeira fase e tenta a primeira vitória; e o Independente, que venceu o jogo anterior e já briga por vaga no G4, no grupo B. Fechando a rodada o líder do grupo A, RC Livramento que joga diante de um Terasaki que busca recuperação.

Jogos da quinta-feira

A quinta-feira foi marcada pelas primeiras vitórias de Gaúcho, que estreou na Master, e Atlético Povo Novo. Já pela Sub 15, o Nacional venceu a segunda partida.

Estreia vitoriosa

A categoria Master foi a atração seguinte com o Gaúcho fazendo a sua estreia diante da Escolinha Master. Com o time formado por caras conhecidas e com muita noção de quadra, o Gaúcho logo mostrou suas credenciais. O pivô Claiton fez 1 x 0 e o veloz Anderson ampliou. A Escolinha saiu para o jogo e Eder, no contra-ataque, fez o terceiro. Renato fez o único gol da Escolinha no primeiro tempo. Na etapa final, a Escolinha adiantou marcação, mas abriu espaço para o contra-ataque do Gaúcho. Foi assim que Anderson e Ivan ampliaram. Tiongo marcou mais um para a Escolinha, mas Padilha, duas vezes e Anderson ampliaram a vantagem do Gaúcho. Renato fez o terceiro da Escolinha, mas a vitória do Gaúcho na estreia foi fechada com gols de Ronaldo e Ivan. O placar final foi de 11 x 3, levando o Gaúcho para a liderança do campeonato, superando nos critérios ao Velha Guarda.

Primeira vitória

A Série Ouro fechou a noite de Futsal com confronto direto entre Atlético Povo Novo e União da ASM. Ambos faziam sua terceira partida no campeonato e estavam sob pressão pela necessidade de vitória. O jogo era um divisor de águas: o vencedor que brigaria por classificação e o perdedor para não ser rebaixado. Diante da necessidade, o jogo começou intenso com o Povo Novo já transformando o goleiro Luciano, do União, o destaque do primeiro tempo. O volume de jogo, porém não se refletia no placar. Para piorar, foi o União que abriu o placar com Zidane. O Povo Novo então empatou com Jeferson. O União era efetivo e Leandro fez o 2 x 0. O Atlético Povo Novo teve que novamente correr atrás e empatou com Daniel. No segundo tempo, o jogo seguiu intenso e o União voltou à frente no placar com Leandro. O Povo Novo agiu rápido e empatou com Adrian Morel. O pivô, aliás, foi o diferencial do Atlético Povo Novo na hora decisiva. Jeferson virou o placar para o Povo Novo e Morel ampliou para 5 x 3. O União da ASM reagiu bem e descontou com Leandro e empatou o jogo com Hyan. O jogador do União, porém, provocou o adversário e foi expulso. O Povo Novo se aproveitou para voltar à frente com Morel. Ele assumiu e responsabilidade e marcou mais duas vezes e garantiu a primeira vitória do Atlético Povo Novo na competição. Anderson (Gaúcho) venceu o duelo com o jovem Yonthan Esteban e o goleiro Luciano e na votação da imprensa foi eleito o craque da rodada.

Grupo Aplateia