seg, 24 de junho de 2024

Variedades Digital | 22 e 23.06.24

A história de Andrea Raffone Fernandez Ibargoyen

Professora completa 39 anos de dedicação ao ensino de crianças e adolescentes

Neste ano, a professora Andrea Raffone Fernandez Ibargoyen completa 39 anos dedicados à docência em Sant’Ana do Livramento. Formada em Letras pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), a professora atuou em inúmeras escolas do município. Em conversa, nessa semana, Raffone contou sobre sua carreira como docente.
Durante sua infância, Andrea estudou na Escola Estadual Professor Chaves, onde concluiu o ensino fundamental. Quando atingiu a juventude, optou por cursar o ensino médio, antigo Magistério, no Colégio Santa Teresa de Jesus, finalizando com 16 anos de idade.
Aos 17 anos, Andrea iniciou sua carreira como professora em uma cidade próxima de Pelotas e junto, ingressou como estudante na Universidade Federal de Pelotas, onde se formou no curso de Letras com habilitação na língua inglesa.
Com a conclusão de seu curso, retornou para Sant’Ana do Livramento, iniciando sua carreira como professora no Colégio Marista Santanense e algum tempo depois, foi contratada como docente pelo Colégio Santa Teresa de Jesus.
Refletindo sobre seu futuro, Andrea decidiu prestar concurso para ingressar na rede pública de ensino. Aprovada, iniciou nova etapa na Escola Estadual de Ensino Médio Doutor Hector Acosta. Logo após, iniciou seu trabalho no Instituto Estadual de Educação Professor Liberato Salzano Vieira da Cunha, onde passou quase toda sua trajetória como docente. Ainda empenhou seu trabalho na Escola Estadual de Ensino Médio Moysés Vianna, local que lembra com muito carinho e gratidão.
Na rede privada de ensino, a professora ministrou aulas no Instituto Livramento Escola Anglicana por mais de 10 anos e atualmente permanece fazendo parte do corpo docente do Colégio Santa Teresa de Jesus.
No ano de 2017 se aposentou da rede pública de ensino, depois de 27 anos de trabalho em sala de aula.
Andrea lembrou que, entre os anos de 2008 até 2014, voltou para a cidade de Pelotas onde realizou suas qualificações profissionais. Durante o tempo que residia na cidade de Pelotas, a professora recebeu um convite da Universidade Nacional de Brasília (UNB), para fazer parte da banca examinadora das redações da prova do Enem. Com grande estima, contou que ela foi a primeira professora do interior a fazer parte da banca de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), pois era um processo exclusivo das capitais.
Docente em português, literatura, produção textual e redação, Andrea busca agregar na vida das pessoas, através de seu conhecimento, com isso criou uma oficina de redação, onde ministra as aulas em sua própria casa e recebe tanto alunos bolsistas como alunos particulares.
Com o intuito de apresentar o propósito da oficina de redação, Andrea disse: “Eu quero ajudar os estudantes de alguma forma neste processo de produção de conhecimento”.
Durante 6 anos de sua vida, foi presidente de uma ação voluntária junto à Casa da Criança da Creche Santa Elvira, que tinha como intuito arrecadar verbas para atender as crianças das mães trabalhadoras. “Foi uma parte da minha vida que chamo de assistência social”, falou.
Andrea é casada há 35 anos com o médico veterinário Rubens Ibargoyen, com quem teve três filhas. Sua filha primogênita, Isabella, é jornalista e atualmente mora no exterior. Gabriella, a filha do meio, é nutricionista e atua em Livramento e a caçula Manuella está cursando Direito na Universidade Federal de Pelotas. “Minhas três filhas tiveram a oportunidade de serem minhas alunas” disse.
A professora concluiu contando suas atividades atuais. No presente, além de ministrar aulas no Colégio Santa Teresa de Jesus, está presente como docente no Curso Santanna, se dedicando a aulas preparatórias para concursos públicos.

Banrisul firma acordo para atender clientes servidores públicos estaduais e municipais diretamente atingidos pela enchente conforme Mapa Único do Plano Rio Grande

O Banrisul e o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, com a participação do Procon RS e do Procon do Município de Porto Alegre assinaram um acordo que prevê a prorrogação de operações de crédito consignado de servidores públicos do Estado e de municípios conveniados ao