ter, 21 de maio de 2024

Variedades Digital | 18 e 19.05.24

Academia de Samba Mocidade Alegre: Da Ancestralidade ao Patrimônio Cultural Brasileiro

(Foto: Debora Castro/AP )

A atual campeã do Carnaval competitivo, Academia de Samba Mocidade Alegre, está pronta para encantar o público na próxima festa anual com o enredo “Samba, da ancestralidade ao patrimônio cultural brasileiro”. Em uma jornada através da história do samba no Brasil, a escola laranja e branca pretende mergulhar nas raízes do ritmo que se tornou um dos maiores símbolos culturais do país.
O enredo proposto pela Mocidade Alegre destaca a influência dos escravizados na introdução do samba no solo brasileiro. “Samba, da ancestralidade ao patrimônio cultural brasileiro” promete contar a história desde os cantos da terra e sons da guerra até os momentos de reza e prazer, que ecoaram nas vozes da alegria, comunhão e garra, especialmente na sagrada Bahia.
Um ponto crucial do desfile será a homenagem a Tia Ciata, que em 1916 apresentou ao mundo o primeiro samba, “Pelo Telefone”, lembrando a importância da figura de Tia Ciata na consolidação do samba como expressão cultural.

Diretoria da Escola de Samba (Foto: Debora Castro/AP )

Na busca pelo bicampeonato, a escola de samba também destacará a evolução do samba ao longo do tempo, incorporando elementos como o pagode, as rodas de samba, o samba de gafieira e o samba reggae. A presidente da escola, Luana Ferreira, enfatiza que na avenida, o tambor do samba será o coração pulsante dos integrantes, marcando o ritmo da maior festa cultural brasileira.
Fundada em 2004, a Mocidade Alegre já ostenta um histórico impressionante, conquistando o título de campeã três vezes em apenas 10 anos. Nos outros anos, a escola sempre se destacou, ficando entre as quatro primeiras. No último desfile em 2015, a Mocidade Alegre cativou a arquibancada com o tema “Mocidade Canta inspirada no Nordeste, viajando nas lembranças de um cabra da peste”, terminando o desfile em primeiro lugar e recebendo uma ovação calorosa até o último minuto.
Os compositores Douglas Ananias, Vinícius Vila, Maumau de Castro, Marcelo Trindade, Diego Masys e Allison Santiago, responsáveis pelo samba enredo deste ano, exaltam a alegria contagiante da Mocidade Alegre. Em versos vibrantes, eles enaltecem a África como berço da humanidade, celebram o batuque no tambor e exaltam a identidade do samba como patrimônio cultural do morro ao asfalto.
O samba enredo revela a força das raízes, a resistência e a magia do samba, que floresceu em solo brasileiro. Com uma mistura de ritmos, a Mocidade Alegre promete uma festa de bamba, onde o público será levado por uma jornada desde a África até o asfalto brasileiro, em uma celebração vibrante e emocionante. O Carnaval 2024 promete ser um espetáculo inesquecível, e a Mocidade Alegre está pronta para pintar o céu de laranja com seu canto alegre e contagiante.
Os ensaios estão acontecendo quarta, quinta e sexta-feira a partir das 21h30, na rua Thomaz Albornoz, 1293.
Conheça o samba enredo: Compositores: Douglas Ananias, Vinícius Vila, Maumau de Castro, Marcelo Trindade, Diego Masys, Allison Santiago