qui, 18 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

1ª Meia Maratona Uruguai-Brasil acontece em agosto

Organizada pela Maratonas no Mundo em parceria com a Arte do Controle, a 1ª  Meia Maratona Uruguai-Brasil vai acontecer em 6 de agosto deste ano, com largada a partir do Parque Internacional. A Maratonas no Mundo é uma agência especializada em Turismo e Eventos Esportivos, que tem o atleta santanense Everton Larrondo à frente. Segundo Everton, o objetivo do evento é promover,  além do esporte, o turismo na fronteira. Aliás, você sabe o que é o turismo esportivo? É basicamente a realização de viagens e passeios com fins específicos de promover a prática de esportes por amadores ou profissionais.  Pelo Brasil, há várias alternativas para desfrutar dessa modalidade turística, como o surfe em Fernando de Noronha (PE) e importantes competições como o Grande Prêmio de  Fórmula 1 e o Rio Open, que atraem milhares de turistas e espectadores. Então, por que não trazer este conceito para a região? A corrida será realizada no domingo pela manhã, mas o evento deve começar na quinta-feira, 3 de agosto, com passeios e atrações turísticas em Sant’Ana do Livramento e Rivera. A data foi lançada recentemente nas redes sociais e teve uma grande repercussão. A estimativa é de 500 inscritos.

INFORMAÇÕES DA PROVA:

Percurso: 21km – sendo metade no Brasil e metade no Uruguai Modalidades:
21 km – solo
21 km – em dupla
5 km – corrida
5 km – caminhada
Quando? 6 de agosto 2023, às 7h
Local? Parque Internacional Inscrições e mais informações pelo site (meiamaratonauruguaibrasil.com.br) ou no Estúdio Arte do Controle (Endereço:
Brigadeiro Canabarro, 856 – Whatsapp (55) 9 8418-9484 ou (55) 9 9709-5989)

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem