qui, 18 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

“Foi (uma frase) digna de quem vem”, diz prefeita sobre declarações do vereador Civeira

Ana Tarouco disse que recebeu a comparação com tristeza, mas sem surpresa
prefeita
Foto:Matias Moura/AP

A prefeita Ana Tarouco (DEM) veio a público, nesta quinta-feira (10), se manifestar a respeito da declaração do vereador Enrique Civeira (PDT), que comparou o cérebro dela a um caroço de azeitona, na última segunda-feira (07), véspera do Dia Internacional da Mulher. “Vindo de quem vem, com o histórico que tem…”, disparou ela.

Ana Tarouco disse que “a fala só reproduz como nós enxergamos o mundo” e contou como recebeu a notícia, repercutida a nível nacional. “Recebo, obviamente, com tristeza, mas sem surpresa”, disse.

Ela considerou, além de um desrespeito institucional, um desrespeito com as mulheres. “No dia em que nós deveríamos estar comemorando as nossas conquistas, que são muitas, ainda assim temos que estar aqui falando sobre comportamentos machistas e desrespeitosos”, disse, complementando: “o importante é que o episódio está tendo a repercussão que merece”.

A democrata disse que “esse fato é repugnante” e fez um alerta: “Hoje foi comigo, amanhã pode ser com qualquer outra […] é inadmissível que uma pessoa diga o que disse”. Ana complementou dizendo que o vereador Enrique Civeira não a ignora. “Isso é claro há muito tempo, mas finge ignorar toda uma carreira construída para chegar onde estou hoje”.

O SILÊNCIO DAS VEREADORAS

Questionada sobre o silêncio das únicas duas vereadoras de Sant’Ana do Livramento, Eva Coelho (PDT) e Maria Helena (PDT), por ter sido vítima de uma violência política de gênero, a prefeita declarou que “quem cala, consente”. “Esse silêncio é mais barulhento, do que a própria fala”, afirmou a chefe do Executivo. As duas parlamentares são do mesmo partido do autor das ofensas.

E AGORA?

Ana Tarouco está em agenda na capital do Estado, Porto Alegre, e afirmou que “as eventuais medidas” ainda serão avaliadas quando ela voltar para Sant’Ana do Livramento. “Eu estou dedicada nas missões que eu vim fazer e quando eu voltar aí eu sento, avalio, penso e vejo”, finalizou.

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem