qua, 17 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Associação apresenta plano para fazer coleta e reciclagem de lixo em Livramento

Catadores Novos Horizontes apresentaram projeto para desenvolvimento no município
A prefeita Ana Taroco recebeu os representantes da Associação de Catadores (Foto: Cedida )

Associação de Catadores Novos Horizontes apresentou, nessa semana, um plano de trabalho à prefeita Ana Taroco (DEM) a fim de implantar o processo de Coleta Seletiva Solidária em Sant’Ana do Livramento. A ideia, segundo a Associação, é realizar uma campanha de educação ambiental na cidade, que ajude na conservação e promoção à inclusão socioeconômica de catadores, conforme previsto pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.
Atualmente, Livramento produz, em média, 50 toneladas de lixo por dia e esses resíduos são coletados e encaminhados por uma empresa terceirizada até a cidade de Candiota o que, segundo a Associação, acaba encarecendo o serviço. Como Livramento está em uma zona de recarga e descarga do Aquífero Guarani, impossibilita de possuir um aterro sanitário. Ou seja, caso o novo plano de separação e reciclagem saia do papel, a quantidade de resíduos que seriam descartados para fora da cidade diminuiria.
De acordo com o Plano de Trabalho apresentado ao Executivo municipal, o custo da terceirização da coleta de lixo no município apresentou um crescimento de 179,06% no período de 2010 a 2017, chegando a mais de R$ 6 milhões por ano. “A associação vem lutando para que possa fazer esse trabalho de forma organizada, buscando apoio do poder público, para que a partir daí eles possam prestar esse serviço aqui no município”, destacou o professor Altacir Bunde, da Unipampa, que atua na coordenação do projeto que pode beneficiar mais da metade de população santanense.
Para a presidente da Associação de Catadoras e Catadores Amigos da Natureza (Aclan), da cidade de Uruguaiana, Maria Tugira da Silva, existe um preconceito com associações locais. “É como se a gente não tivesse capacidade de autogerir o nosso trabalho. Nós estamos nessa luta em Livramento há 4 anos, e com o apoio da Uergs, Unipampa e outras entidades que estão envolvidas, hoje estamos buscando a sensibilidade da prefeita”, disse.
“Nós queremos que os santanenses nos apoiem, pois o que para muitos é lixo, para nós, da Associação, é luxo. É desse luxo que tiramos o nosso sustento e o sustento de todas as famílias da Associação”, afirmou Carmen Martins, secretária da ACNH.
De acordo com a prefeita Ana Tarouco, esse foi o primeiro encontro com a Associação: “Apesar da associação ter acesso a maquinários públicos, hoje fizemos uma aproximação de reconhecimento, de eles apresentarem as demandas. A partir de agora o Executivo vai discutir com seu setor técnico, avaliar o planejamento e a situação junto ao DEMA, e a questão do convênio que já se fala há muito tempo e nunca foi efetivado”, diz a prefeita.

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem