sáb, 13 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Desembargadora e corregedores falam sobre a tecnologia no TJ-RS em visita a Livramento

Magistrados destacaram o tema durante entrevista na Rádio RCC FM, com a participação da diretora do Foro local, juíza Carla Palhares

A atuação do judiciário gaúcho em tempos de pandemia e a interiorização da corregedoria no Estado estão sendo temas de uma série de visitas desembargadora Vanderlei Teresinha TremeiaKubiak e dos juízes-corregedores, Luís Antônio de Abreu Johnson e André de Oliveira Pires, nessa semana. Em Sant’Ana do Livramento eles foram recebidos pela juíza diretora do foro do município, Carla Palhares, e participaram de uma entrevista na rádio RCC FM.

Segundo a desembargadora, a pandemia impulsionou o desenvolvimento da tecnologia do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS). “Embora tenhamos todos os efeitos negativos da pandemia no nosso Estado, no âmbito do Tribunal de Justiça estamos enfrentando tudo com determinação. Estamos trabalhando até mais do que o normal”, contou. Segundo ela, os processos impressos estão com os seus dias contado. “Embora os profissionais mais antigos estejam acostumados, acredito que esse ganho vá trazer mais conforto e satisfação para todos. É uma adaptação um pouco difícil, a nossa cultura ainda é de ir no fórum e folear os processos, mas agora tudo estará mais acessível”, explicou.

Atualmente, o judiciário do Rio Grande do Sul tem mais de cinco milhões de processos. O juiz-corregedor André de Oliveira Pires explica que, em meio a pandemia, o juízo especializado online foi a forma de se dar agilidade a processos que eram tratados de maneira virtual. “Logo no início da pandemia, houve o fechamento dos foros e foi criado esse espaço para que as pessoas pudessem ingressar com os seus pedidos online. A pessoa vai preenchendo o formulário e já é encaminhado esse pedido de maneira bem ágil, o que deu uma aceleração bastante significativa”, explica.

Para a diretora do foro de Sant’Ana do Livramento, a nova plataforma trouxe algumas surpresas. “Eu tive processos que deram entrada em março e que, em maio, eu estava sentenciando. Me surpreendi porque processos dessa natureza demoravam um ano para tramitar dentro do cartório. Vai melhorar muito o acesso à justiça. É uma realidade maravilhosa”, afirmou Carla Palhares.

“O que a Doutora Carla fala é que 15 dias de tramitação foram reduzidos para algumas horas”, explicou o juiz-corregedor, Luís Antônio de Abreu Johnson, que destacou o trabalho que foi realizado nessa semana em toda a região. “Estamos justamente fazendo esse encontro, com todos os protocolos e distanciamentos a serem seguidos, pois é um dia de encontro com magistrados, servidores, Ordem dos Advogados, promotoria e Ministério Público.Neste momento é importante ouvir aqueles que são os gestores para avaliar as necessidades que cada comarcar enfrenta”, afirmou.

Morning Express

🇧🇷RESUMO-002☀️☀️☀️ ✅ NOTÍCIAS DO DIA – ANO 8 n° 2793 Dia 13 de Julho de 2024, Sábado DATAS COMEMORATIVAS Dia do Cantor Dia dos Compositores e Cantores Sertanejos Dia do Engenheiro de Saneamento Dia Mundial do Rock TEMPERATURA E INDICADORES FINANCEIROS ⛅ Mín 23° Máx 34° (Macapá-AP) 💵 Dólar Com: ⬇️ 0,2% R$ 5,43 💶 Euro: ⬆️ 0,18% R$ 5,92