sáb, 13 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

“A Firma” era comandada de dentro do presídio

Presidiário gerenciava pelo menos 14 pontos de vendas de drogas no município

Na manhã dessa sexta-feira (25), a Polícia Civil desencadeou nas cidades de São Borja, Dom Pedrito e Sant’Ana do Livramento, a operação contra o tráfico de drogas denominada “A Firma”. Mais de 130 policiais participaram da ação que contou com 28 mandados de busca e apreensão. Em Livramento, a movimentação policial começou cedo, por volta da 5 horas da manhã, vários policiais civis e militares se reuniram para a operação, que teve como alvo 14 pontos de vendas de drogas, que eram chefiadas de dentro da Penitenciária Estadual de Segurança Moderada de Sant’Ana do Livramento, por um detento. A operação contou com apoio de grande efetivo da Brigada Militar e suas guarnições.
Durante as investigações e interceptação de ligações, a polícia descobriu que o preso chamava as bocas de fumo de “A firma”, daí o nome da operação desencadeada na manhã de hoje. Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão um dos alvos foi, justamente, a penitenciária onde foram realizadas revistas em algumas celas ligadas ao grupo criminosos, e apreendidos vários objetos entre facas artesanais, celulares, e um quantia significativa de drogas.
Os policiais cumpriram também mandados em vários bairros, entre eles o Parque São José, Prado, Vila Brasília, onde cinco pessoas acusadas de fazerem parte da “firma” foram presas em flagrante em suas residências. Além disso, foi preso o indivíduo de inicias C.E.S.M, de apelido “Piojo”, que também tem envolvimento com o tráfico e estava sendo procurado por ter cometido um homicídio na cidade de Rivera. Na casa onde ele estava foram apreendidas as roupas que ele utilizou no dia do crime assim como um capacete e uma moto.
Todos os presos e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Pronto Atendimento da Polícia Civil. Segundo a Delegada Giovana Muller, os cincos presos serão indiciados pelo crime de associação ao tráfico de drogas. “O alvo dessa operação foi o líder que, de dentro da penitenciária, comandava vários pontos de tráfico aqui na cidade. E ele queria expandir os negócios, tanto que ele falava: “Vou expandir a firma”. Com ele nós não encontramos nada, até porque ele está na penitenciária, já na ruas houve essas apreensões em 14 pontos e presas essas cinco pessoas em flagrante. Foi uma ação muito exitosa e nós agradecemos o apoio da Brigada Militar que foi fundamental para essas prisões”, destacou a delegada.

Interiorização do crime

O Comandante interino do 2º RPmon, Major Silveira, que prestou apoio logístico na operação, juntamente com os demais policiais da Brigada, diz que a ação de hoje é uma mostra de que a criminalidade está cada vez mais organizada e se interiorizando, uma vez que práticas como essa de vendas de drogas de dentro das cadeias acontecem há muito tempo em grandes centros. “Nós atendemos o chamado da delegada Giovana e atuamos de forma integrada na manhã de hoje. A Brigada Militar atua de forma ostensiva no combate à criminalidade todos os dias, coletando informações desses grupos criminosos. Essas informações são repassadas para a Polícia Civil e, hoje, então, foi deflagrada essa operação em conjunto com a Polícia Civil e com SUSEPE. Logramos êxito, mais uma vez retiramos uma arma de fogo de circulação, além de telefone e entorpecentes que foram apreendidos na Penitenciária, juntamente com uma equipe da SUSEPE. O resultado dessa operação será positivo pois irá esfriar a criminalidade. Infelizmente, esse é um cenário que está chegando nas cidades do interior onde os indivíduos dos grandes centros arregimentam pessoas para o tráfico de drogas. Felizmente, nós temos todos esses pontos mapeados e estamos realizando, seguidamente, ações fortes de combate, juntamente com o apoio das demais instituições de segurança. Ações como essa acabam freando esses indivíduos, mas expõe a criminalidade e suas ramificações que estão chegando cada vez mais nas cidades do interior”.
Durante a operação foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão, inclusive na cidade de Dom Pedrito e penitenciária de São Borja. Em Sant’Ana do Livramento, o foco principal foi na Penitenciária e nos bairros Parque São José, Brasília e Carolina. A operação contou com o total de 130 agentes da PC, BM, SUSEPE e 5o. e 7o. RCMec das cidades de Sant’Ana do Livramento, Rosário do Sul, Quaraí, Cacequi, Alegrete, Uruguaiana, Bagé, São Borja e Dom Pedrito.

Germano Rigotto

Morning Express

🇧🇷RESUMO-002☀️☀️☀️ ✅ NOTÍCIAS DO DIA – ANO 8 n° 2793 Dia 13 de Julho de 2024, Sábado DATAS COMEMORATIVAS Dia do Cantor Dia dos Compositores e Cantores Sertanejos Dia do Engenheiro de Saneamento Dia Mundial do Rock TEMPERATURA E INDICADORES FINANCEIROS ⛅ Mín 23° Máx 34° (Macapá-AP) 💵 Dólar Com: ⬇️ 0,2% R$ 5,43 💶 Euro: ⬆️ 0,18% R$ 5,92