seg, 17 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Bolsonaro convoca reunião de emergência com ministros para debater crise na Venezuela

Manifestantes conversam com soldados venezuelanos na fronteira com o Brasil, em Pacaraima, Roraima (Foto: RICARDO MORAES / REUTERS)
Manifestantes conversam com soldados venezuelanos na fronteira com o Brasil, em Pacaraima, Roraima
(Foto: RICARDO MORAES / REUTERS)

Governo brasileiro decidiu manter a oferta de ajuda humanitária com o mesmo cronograma planejado

O presidente da República, Jair Bolsonaro , convocou para a tarde desta sexta-feira uma reunião com titulares e representantes de dez ministérios para discutir a crise na Venezuela. O governador de Roraima, Antonio Denarium , participará por vídeoconferência. A fronteira foi fechada na noite de quinta-feira pelo presidente Nicolás Maduro , mas o governo brasileiro manteve intacto até agora o plano de levar ajuda até Pacaraima (RR), cidade que faz divisa com a Venezuela, neste sábado.
Participaram da reunião convocada pelo presidente os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Fernando Azevedo (Defesa), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional), Carlos Alberto dos Santos Cruz (Secretaria de Governo) Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Floriano Peixoto (Secretaria-Geral). Também estarão presentes três secretários executivos de outras pastas: Luiz Pontel (Justiça), Otávio Brandelli (Relações Exteriores), Marcelo Sampaio (Infraestrutura).
O governo brasileiro decidiu manter a oferta de ajuda com o mesmo cronograma planejado antes da decisão de Maduro. Um avião com mantimentos, inclusive, já chegou a Boa Vista (RR). Pelo acordo do Brasil com o presidente da Assembleia Nacional e autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó, caberá aos venezuelanos virem até Pacaraima, em Roraima, para receber a ajuda. O fechamento da fronteira deixou um clima tenso na região e duas pessoas morreram em confrontos entre forças venezuelanas e moradores de uma comunidade indígena a 70 km da fronteira brasileira.

Solidariedade em prol do RS

Chegamos aos 80 mil Nessa jornada todos foram extremamente importantes. Nós, voluntários, queremos continuar. As doações pararam… estamos praticamente sem recurso financeiro para compra dos insumos. Estamos com novo pix,  Leda 51998075161 Nos ajuda a ajudar os outros. Obrigada Turma do Cachorro Quente menos