seg, 15 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Nove meses depois, o que mudou?

Após assumir como Secretário Geral de Governo, 97% os votantes afirmaram que não viram melhorias

Os santanenses se manifestaram nesta semana sobre a atuação do Secretário Geral de Governo, Enrique Civeira, eleito vereador pelo PDT no pleito de 2016. A enquete no site do Jornal A Plateia fazia a seguinte pergunta: “Na sua opinião, a participação do secretário geral de governo, Enrique Civeira, melhorou o Governo Ico Charopen?”
Em três dias de votação, participaram 1.188 pessoas, destas, 1.150 responderam que nada havia melhorado (o equivalente a 97% dos votos) e apenas 38 votos a favor do secretário.
Uma pesquisa paralela também nas redes sociais, fez a mesma pergunta, com 595 participações, 85% dos votos responderam que a participação do secretário em nada melhorou o Governo Ico.
O Perfil no Facebook Livramento Online também elaborou pesquisa a respeito da atuação do Secretário Enrique Civeira, até esta sexta, 307 pessoas responderam que a presença do secretário não melhorou o governo, 20 pessoas responderam que sim.

A posse 

Civeira tomou posse no dia 26 de março de 2018. Durante o ato de posse, o novo secretário havia ressaltado a responsabilidade e a importância da sua nova função no Governo Municipal. Eleito para a função de vereador, ele ficou apenas um ano nesta condição e se tornando claramente oposição ao Governo Ico, chapa que havia ajudado a eleger.
Uma das falas durante a posse foi: “Há muito o que fazer! Iremos trabalhar efetivamente para começar a mudança no município, mas para isso precisamos trabalhar juntos”. As críticas nas redes sociais e a votação na enquete mostram que a visão da comunidade santanense é diferente. Durante sua atuação nestes nove meses a frente da Pasta, o secretário chamou atenção por algumas questões que se tornaram públicas.

Um Diploma Nota 10

O secretário Enrique Civeira, (PDT), enquanto vereador em dezembro de 2017 foi o único parlamentar santanense a ter publicado um diploma de “vereador mais atuante” em uma pesquisa feita pelo Instituto Tiradentes – empresa que foi algo de investigação do Ministério Público do Rio Grande do Sul por conceder premiações que são compradas por políticos. Em uma reportagem exibida no programa Fantástico, em agosto de 2018, o repórter da RBS TV Giovani Grizotti mostrou o comércio de diplomas de mérito para vereadores, prefeitos e secretários municipais. Durante a reportagem o valor de quase R$ 1.500,00 reais foi pago para comprar um diploma para um jumento, chamado Precioso na cidade de Pernambuco. Em Nota o Instituto negou a comercialização de certificados.
Na postagem feita no facebook, à época que celebrou a Certificação, o secretário escreveu em suas redes sociais: “Mais cedo ou mais tarde, será preciso tirar as pedras do caminho para conseguir avançar”.

Pressão com CC’s

Durante as eleições 2018, um ‘print’ em aplicativo de conversa, mostrou que o Secretário Geral de Governo estaria pressionando CC’s a trabalharem nas eleições. A conversa seria com o Prefeito Solimar Ico Charopen. No diálogo, que vazou nos bastidores políticos, Civeira pede que os funcionários CCs da Prefeitura inscrevam seus nomes para atuarem como fiscais partidários como se os funcionários fossem obrigados a trabalhar na atividade partidária para garantir a vaga na Prefeitura. Civeira comenta que os CC’s “parecem que não precisam trabalhar” e conclama o Prefeito a “botar ordem na casa”.

Estratégia para chegar ao Poder

Os caminhos trilhados pelo então secretário Enrique Civeira para chegar ao Executivo Municipal foram longos e estratégicos. No dia 2 de outubro de 2017, o parlamentar lembrou em sua rede social que fazia exatamente um ano que Ico e ele haviam vencido a eleição, garantindo o projeto que, na óptica do secretário mudaria Livramento. Depois de denúncias diárias, cobranças em redes sociais e até debates e “rachas” transmitidos ao vivo pela RCC FM, a poeira baixou rapidamente e Civeira se tornou secretário em 2018.
Agora, em 2019, Enrique Civeira assume também a Secretaria de Saúde, pasta que era ocupada pelo Presidente do PSB, Sérgio Aragon, aliado da vice-prefeita Mari Machado também do PSB. Civeira assume temporariamente o cargo e inicia o ano com uma avaliação negativa dos santanenses reveladas pelas enquetes públicas produzidas pelo Grupo A Plateia.

Pesquisa do Instituto Tiradentes publicada pelo secretário. Empresa é investigada pelo MP por fraudes e venda de certificados no RS.