qui, 18 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Quatorzeanos e colorados se integram em evento

Dois dias de festa e integração entre dois clubes tradicionais do futebol brasileiro num evento festivo e beneficente. Esta é a proposta do 2º Evento Show do Consulado Binacional do Sport Clube Internacional e Esporte Clube 14 de Julho.
Serão dois dias de evento, iniciando no sábado dia 15, com um jantar no CTG Jaime Caetano Braun com a presença da caravana do Internacional composta por dirigentes, ex atletas e ídolos do passe e o jornalista Fabiano Baldasso. O jantar, terá ainda a apresentação da Banda Ataque Colorado. No dia seguinte as atrações se transferem para o Estádio João Martins, iniciando as 9h com mateada com erva mate e água quente gratuitamente e brinquedos infantis para a criançada. As 11h iniciam os jogos com o primeiro confronto entre consulado binacional e 14 de Julho. A primeira partida será do futebol feminino. As 14h o Sub 14 de Leão da Fronteira enfrenta a Seleção de Rivera da categoria e as 15 ocorre outra preliminar com os Amigos do Consulado e Amigos do 14 de Julho. As 17h o evento tem seu desfecho com o amistoso entre Masters do 14 de Julho contra Masters do 14 de Julho, equipes recreadas de ex jogadores e ídolos dos dois clubes. Os convites para o evento estão a disposição no clube e na sede do consulado colorada ou nos telefones, 55 984551000, 55 991282555 ou ainda no 55 3241 3481. O evento tem um caráter social e também vai apresentar o público o trabalho de retomada do projeto de futebol do Leão da Fronteira com a base, hoje coordenada pelo ex atletas do clube Julio Cesar Garcia e Clenir Gomes.

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem