ter, 7 de dezembro de 2021

A PLateia Digital - 04-05/12/2021

Última Edição

Empresa santanense investe em pulverização agrícola com drone

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na manhã de sexta-feira (29) a Vinícola Cordilheira de Sant’Ana recebeu um grande número de produtores rurais para uma demonstração de pulverização agrícola com a utilização de drone. Uma técnica que já está bastante difundida algumas regiões do Brasil, agora chega a fronteira por intermédio da empresa santanense Agrodrone Serviços Agrícolas. Com um drone que pesa aproximadamente 25 quilos e possui a capacidade de transportar até 12 litros de pulverizante com uma autonomia de voo de 15 minutos por bateria, os proprietários da empresa apresentaram a técnica que pode ser aplicada em diferentes tipos de culturas, como soja, parreiras de uvas, oliveiras, lavouras de arroz , nós pecã entre outras.

Equipada com GPS e sistema de ceoreferenciamento, a aeronave VANT é capaz de executar difíceis tarefas em áreas onde tratores e outros equipamentos de pulverização não conseguem acesso. Além disso o tempo de serviço e otimização de recursos é outra vantagem para a utilização de drones . Segundo o engenheiro agrônomo Afrânio Moraes um dos proprietários da AgroDrone, a empresa nasceu com esse intuito de auxiliar pequenos e médios e grandes produtores no serviço de pulverização das suas propriedades utilizando essa tecnologia. “A nossa empresa surgiu da dificuldade que muitos produtores enfrentam no seu dia a dia. Seja na pulverização, limpeza de áreas, no combate a formiga. Então pesquisando mais sobre o tema vimos o crescimento deste tipo de serviço principalmente utilizando veículos aéreos não tripulados o VANT. Aqui na nossa região temos muitas pequenas propriedades, onde a área cultivada não proporciona ao produtor a compra de todo o equipamento necessário para o trato da sua cultura. É importante destacar que para utilizar esse tipo de equipamento ele precisa ser regulamentado na ANAC (Agencia Nacional de Aviação Civil) assim como a empresa também deve estar registrada. Além disso os pilotos, ou operadores do equipamento precisam ter o curso referendado pela ANAC e a empresa que vende o aparelho deve estar devidamente regulamentada para que a gente possa trabalhar de forma segura e legalizada.

Sobre o custo de aplicação da nova tecnologia, Afrânio destaca, que depende muito do tipo de cultura e ambiente e além da quantidade de horas de serviço. “Serve tanto para pequenas e grandes áreas, e o custo do serviço depende de alguns fatores, e o custo/ benefício compensa”

O evento foi organizado pela Secretaria de Agricultura do município como forma de apoio os produtores rurais, para o secretário da pasta, Roberto Braz, está é uma inovação muito importante que vai proporcionar uma melhoria na produção agrícola de Sant’Ana do Livramento.” Faz parte da nossa política de trabalho fomentar o desenvolvimento do município e apoiar os produtores. E o que nós vimos aqui hoje foi uma demonstração de um nova tecnologia que será aplicada em breve nas propriedades e vai proporcionar uma melhoria muito importante para a nossa agricultura local “destacou.   

Programação de Hoje

  • 12:00 am: Programação RCC
  • 6:00 am: Desperta Rio Grande
  • 7:45 am: Jornal da Manhã
  • 10:00 am: Timeline
  • 11:00 am: Happy Day
  • 12:50 pm: Correspondente Ipiranga
  • 1:00 pm: Sala de Redação
  • 2:30 pm: Boa Tarde Cidade
  • 4:00 pm: Tarde 95
  • 5:30 pm: Conversa de Fim de Tarde
  • 7:00 pm: Curtindo a Dois
  • 9:00 pm: Voz do Brasil
  • 10:00 pm: Programação RCC