ter, 19 de outubro de 2021

Aplateia Digital - 16/10/21

Última Edição

Delegacia da Polícia Civil é reinaugurada

Cerimônia contou com várias autoridades
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto:Marcelo Pinto/AP

A 12ª Delegacia de Polícia Regional e a Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) foram reinauguradas, nesta semana, na av. João Goulart, em Sant’Ana do Livramento. A cerimônia contou com a presença de autoridades brasileiras e uruguaias. Inclusive, com a chefe de Polícia do Rio Grande do Sul, Nadine Farias Anflor, a delegada Regional Patrícia Sanchotene e o diretor do Departamento de Polícia do Interior, Heraldo Chaves Guerreiro.
O objetivo da revitalização de Delegacia de Pronto Atendimento é a qualificação do atendimento ao cidadão. “Nós entendemos que não adianta fazermos grandes operações policiais, investigações, muitas vezes bem-feitas, operações que nos dão visibilidade, se o cidadão num único atendimento, na única vez que ele tenha que visitar a PC, não for bem acolhido e bem atendido”, enfatizou a delegada Nadine Anflor.
Durante a cerimônia, foi dada a posse à Patrícia Sanchotene como Delegada Regional que, embora esteja exercendo a função desde abril de 2020, ainda não tinha participado de uma cerimônia para o ato. “Esse momento é muito importante”, disse.

Vereador Duda Amaral e a chefe de Polícia, Nadine Anflor

No seu discurso, Patrícia falou sobre sua trajetória, algumas pautas que estão sendo levadas adiante na Polícia Civil junto aos demais policiais, da sua amizade e o trabalho realizado em equipe. “Para mim, é muita honra estar na minha posse a primeira mulher chefe de polícia na história da nossa Polícia Civil em 177 anos”, afirmou Patrícia.
Nadine Anflor elogiou o trabalho que Patrícia vem desenvolvendo na região. “É uma Polícia Civil que traz resultados”. A chefe ainda relatou que a estrutura da PC deve ser utilizada para ser um espaço de ponderação entre a comunidade, mostrando a verdadeira facae da instituição.
Quanto aos crimes rurais, Anflor enfatizou que as Decrabs estão sendo implantadas conforme estudos realizados com base nos números de ocorrências e da população. “Para que efetivamente as delegacias investiguem as organizações criminosas, todas as delegacias vão investigar os crimes de abigeatos, mas haverá uma centralização de investigações quando nós tratarmos de organizações criminosas, porque as facções entraram dentro desse novo crime. Assim como as facções se organizam, nós nos reorganizamos”, disse a Chefe de Polícia.
Durante a cerimônia, o vereador Duda Amaral (Progressistas) entregou uma solicitação à Chefe da Polícia Civil com o pedido de instalação de uma Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) na cidade para combater os crimes de abigeato, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, entre outros. De acordo com o vereador Duda, o projeto é iniciativa das próprias delegadas da região e foi recebido com muito interesse por Nadine Anflor. No primeiro semestre, o parlamentar foi à Assembleia e entregou o mesmo pedido para presidente da Assembleia, Gabriel Souza (MDB), e para a bancada do Progressistas solicitando a instalação de uma DRACO aqui na cidade.

FUTEBOL: PAIXÃO SEM SENTIDO. MAS É PAIXÃO!

Buenas!,   Nesta semana, depois de quase dois anos, frequentei um estádio de futebol. Não há porque guardar segredos, não sou comentarista esportivo, portanto confirmo