dom, 5 de dezembro de 2021

A PLateia Digital - 04-05/12/2021

Última Edição

Praça Artigas é onde os gaúchos se encontram na Semana Farroupilha

Prefeitura autorizou fechamento de trecho da avenida João Manoel para os gaúchos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Já tradicional, a Praça Artigas foi ponto de encontro dos gaúchos, nesta semana

A Semana Farroupilha foi oficialmente aberta, na terça-feira (14), em Sant’Ana do Livramento e como tradicionalmente acontece, os cavaleiros já passaram toda a semana na avenidas João Manoel, no trecho em frente à Praça Artigas, comemorando os festejos farroupilhas. No local, churrasco e cerveja está no cardápio das comemorações dos cavaleiros.
Na terça-feira (14), a cerimônia de abertura aconteceu na Casa David Canabarro e contou com a chegada da Chama Crioula, trazida pelo Grupo Santanense de Cavalgadas. Na ocasião, as entidades tradicionalistas acenderam suas centelhas para conduzir até suas dependências.
Em seu discurso, a prefeita Ana Tarouco (DEM) parabenizou a equipe da Secretaria de Cultura, comandada por Sandra Pontes, bem como, aos demais membros do Executivo pelo esforço no trabalho desenvolvido. “Eu gostaria de fazer um agradecimento muito especial por este momento, a vocês que eu sei, que há muitas e muitas semanas lutam e batalham para que este espaço seja a casa e o espaço do gaúcho em Sant’Ana do Livramento”, disse.
O Presidente da Organização dos Festejos Farroupilhas, Leonardo Pedroso Soares, disse que este foi um ano em que, mais uma vez, os gaúchos precisaram se reinventar, mas que jamais perderam a garra de batalhar e defender aquilo que é de todos os gaúchos e gaúchas. “Quero agradecer a todos os amantes da cultura gaúcha”, disse Soares.
Em decorrência da pandemia causada pela Covid-19, o tradicional Desfile Farroupilha do 20 de setembro não será realizado em Sant’Ana do Livramento em 2021.

BARRETO

Uma das referências da Semana Farroupilha é, sem dúvidas, o Barreto, conhecido da “gauchada” que festeja durante toda a semana em frente à sua residência, na própria avenida João Manoel. Barreto conta que esta é a terceira geração que lhe faz companhia na semana de comemorações dos gaúchos e que há mais de 40 anos ele presta o auxílio necessário a todos que por ali passam. “A gurizada está feliz e eu estou feliz porque eles estão bem”, afirmou.
Barreto ficou encarregado de abrir e fechar a rua, quando houver movimentação de cavaleiros no trecho da via, com as barreiras disponibilizadas pela Secretaria de Trânsito. Nos períodos em que não houver movimentação na Praça Artigas, a rua ficará aberta para o tráfego normal dos veículos.