dom, 26 de setembro de 2021

Aplateia Digital - 25/09/21

Última Edição

Educação, por favor!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Gilberto Jasper
Jornalista /gilbertojasper@gmail.com

Muita gente torce o nariz para política. Filho de vereador do Vale do Taquari tive o privilégio de conviver com lideranças históricas como Pedro Simon e Paulo Brossard de Souza Pinto. Eles vinham a nossa casa para tratar de estratégias eleitorais em uma época de bipartidarismo da Arena e MDB.
Aprendi que a política é arte do impossível, princípio reforçado com o retorno das eleições diretas, fruto de ampla mobilização de todos os partidos de oposição. De lá para cá, porém, desaprendemos a fazer do diálogo instrumento de melhorias.
A Expointer polarizou as atenções nos últimos dias. Não recordo de uma feira que tivesse recebido a visita do Presidente da República e do vice na mesma edição. Se isto foi motivo de orgulho o mesmo não se pode dizer de dois episódios lamentáveis.
Na passagem pelo espaço da agricultura familiar o Presidente Bolsonaro cometeu uma grosseria agravada pela presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, tendo como motivo um salamito. Já o governador Eduardo Leite, que busca a indicação na disputa ao Palácio do Planalto, não recebeu Bolsonaro e Mourão. Um gesto deselegante. Afinal, o governador representa todos os gaúchos e não apenas seus eleitores e correligionários.
Diante do baixo nível da política os fatos da Expointer soam pueris, mas dão a dimensão do desvirtuamento desta atividade. Ao invés de ser solucionar problemas graves do país assistimos a baixarias que só aumentam a ojeriza diante da política que deveria atrair as pessoas de bem.