qui, 23 de setembro de 2021

Aplateia Digital - 18-19/set/2021

Última Edição

Interpretação de texto

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Há muito reclamamos da decadência de nosso ensino: que nossos alunos não sabem ler, não sabem escrever, são analfabetos funcionais. Imaginem se conseguirão interpretar um texto! O interessante é que essa deficiência vem de muito longe, pois não só os jovens têm essa dificuldade, muita gente com algumas dezenas de anos nas costas também não consegue.
Claro, não só das escolas vem a cultura, depende muito, também, da convivência social (leia-se: familiar, igreja, amigos), bem como do nosso conhecimento de mundo. O fato de eu não concordar com alguns amigos, politicamente, não significa que vou cortar nossa amizade, AINDA vivemos em uma democracia. O que não admito é que não respeitem o meu ponto de vista. Do mesmo modo como me abstenho, em inúmeras ocasiões, de expressar minha opinião contrária, em alguns outros momentos acontecerá a discordância, afinal não somos feitos de cópias uns dos outros.
Como já disse inúmeras vezes, mas nunca é demais repetir: esta é uma coluna de opinião: a minha. Não é editorial. Para quem não sabe o que a palavra editorial significa, explico: o editorial reflete a visão que o Editor do jornal tem sobre assuntos de relevância para a comunidade, repito – assuntos de relevância para a comunidade, não a minha opinião.
Tem um velho ditado que diz: “não sou dinheiro para agradar a todo o mundo”. Aliás, acho que nem o dinheiro agrada plenamente porque tem gente que diz que dinheiro “não traz felicidade”. Quero ver viver com pouco ou sem dinheiro!