dom, 11 de abril de 2021

Jornal A Plateia Digital - 03.04.2021

Última Edição

BM aguarda cronograma do Piratini para receber imunização contra Covid-19

Governo do Estado pretende vacinar parte da categoria na próxima semana
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Profissionais de segurança que atuem em ações de combate ao Covid-19 devem ser vacinados ao longo da próxima semana (Foto: Marcelo Pinto/AP)

Na manhã da quinta-feira (1°), a prefeita Ana Tarouco (DEM) esteve reunida com o Comandante do 2° Regimento de Polícia Montada (2°RPMon), da Brigada Militar (BM), Aníbal Silveira, tratando sobre assuntos referentes ao combate à Covid-19. Oportunidade quando também foi debatida a data em que os profissionais da saúde seriam imunizados.
Segundo Silveira, a decisão foi aguardar as determinações do Governo do Estado. “Entendemos e chegamos em um consenso de que nós vamos trabalhar de acordo com a Legislação, de forma legal, então nós vamos respeitar aquilo que as portarias, que os decretos, que as leis determinam. Então, na medida em que chegar a vez dos policiais militares, de acordo com a Legislação, nós vamos dedicar esforços para fazer a vacinação”.
Quanto à situação da BM em relação à pandemia, Silveira afirma que não houve grandes prejuízos na região do 2° RPMon, mas o estado é de alerta. “A BM, como órgão de linha de frente, com a missão de preservar a ordem pública, desde o início não parou, mas nem por isso nós estamos imunes. Tivemos vários policiais que foram afetados ou foram contaminados pelo Covid, mas operacionalmente não teve prejuízo. Na medida em que o policial baixa, precisa se afastar, a gente supre com horas extras, supre com ajustes de escala e principalmente com o bom trabalho dos policiais e com o seu comprometimento”.
De acordo com os dados repassados pelo Comandante, a média dos sete municípios sob a responsabilidade do Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Fronteira Oeste (CRPO-FO) está entre seis a oito policiais em isolamento por mês e, no momento, nenhum efetivo hospitalizado.

ESTADO

Ao final da tarde dessa quinta-feira (1°), o Governo do Estado confirmou que, após a chegada de mais de meio milhão de doses da vacina contra Covid-19, seria possível antecipar a imunização dos profissionais da segurança pública e de pessoas com 65 anos completos.
Entretanto, em Sant’Ana do Livramento, devido ao rápido avanço da imunização, neste final de semana será aberta a vacinação para pessoas com idade a partir dos 64 anos. Segundo a Coordenadora da Imunização do Município, Raquel Levy, ao longo da semana os profissionais da segurança que atuam em ações de combate ao Covid-19 devem ser contemplados.

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies