Santa Casa adere ao programa Tampinha Legal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O setor de Assistência Social da Santa Casa de Misericórdia lançou na última semana o projeto Tampinha Legal, liderado pela Assistente Social Marta Roncai Lopes e pela estagiária do Curso de Serviço Social, Marisa Correa Vieira. O projeto passa pela arrecadação de tampinhas plásticas de todo tipo que serão armazenadas e vendidas, gerando renda para a Santa Casa de Misericórdia, sendo uma ação de responsabilidade social e de sustentabilidade, com viés ambiental e de conscientização.
Quem doa tampinhas plásticas para os pontos de coleta ou para as entidades assistenciais cadastradas no “Tampinha Legal” pode não ter a dimensão exata do quanto esta ação é importante. Muitas entidades encontram no programa, desenvolvido pelo Instituto SustenPlást, uma fonte voluntária de receita extra. A coordenadora do Tampinha Legal, Simara Souza, explica que o programa tem o objetivo de engajar a sociedade na coleta de todos os tipos de tampas plásticas, junto da indústria do plástico.
“Toda a comunidade pode se envolver de diversas formas, a começar pelo recolhimento de tampas e entrega nos pontos de coleta do programa, que tem caráter educativo. Atualmente, podemos encontrar pontos de coleta em hospitais, órgãos púbicos, escolas, comércio e empresas. Há uma mobilização da sociedade em fazer o bem, que reflete no aumento da qualidade de vida de todos”, explica Simara.

Bastidores – Edis Elgarte – 05/12/2020

Trânsito garantido Demorou, mas finalmente os usuários da estrada do Passo da Guarda, a RS 183, que liga a BR 293 à faixa de acesso

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies