Adoráveis mulheres – O papel feminino na indústria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O filme mais recente adaptado da obra “Little Women” de Louisa May Alcott, publicado em 1868, recebeu a indicação ao Oscar de Melhor Filme e gerou certo descontentamento por não receber uma indicação na categoria de Melhor Direção para Greta Gerwig, cujo trabalho foi fenomenal. Isso claramente é um reflexo da sociedade machista. Mesmo com diversos movimentos para integrar o papel feminino na indústria cinematográfica, bem como demais meios meios predominantemente masculinos, ainda há muita luta pela frente. Não em relação ao trabalho em si, que é sabido o quão incríveis são, mas sim o do reconhecimento. Reconhecer que uma diretora merece receber oportunidades iguais de trabalho tanto quanto um diretor. Oportunidade para poder mostrar seu trabalho. Trabalho esse que é rico, delicado, forte, presente e de muitas formas necessário. Esse filme, especificamente, conta a história de vida de quatro irmãs no século XIX. Uma época difícil para os Estados Unidos, já que estavam vivendo a Guerra Civil.

É interessante a forma escolhida por Greta para conduzir o filme. Com muita delicadeza fica evidente a personalidade de cada uma das irmãs. Como uma é mais sensível, outra é mais focada, outra é mais aventureira, outra é mais criativa. Essas características tem uma importância muito grande e emociona o espectador a partir do momento em que as personagens, independentes, vão fazendo suas escolhas, sejam escolhas pessoais ou profissionais. O que também é muito bem realizado é a forma como o filme usa a passagem de tempo. Existem momentos no presente e momentos no passado, que ressalta a evidente evolução das personagens. O uso de câmera, figurino e fotografia ressaltam a diferença dos momentos. Acompanhar, como espectador, a evolução dessas personagens, acompanhar suas escolhas, e torcer para que cada uma delas encontre o que procura é a grande mensagem do filme. Fazemos o que queremos ou somente o que precisamos fazer? A nossa luta é pessoal ou coletiva? Meus interesses podem ser conquistados por esforço próprio? Enfim, perguntas que você se faz enquanto assiste o filme por acabar se reconhecendo em algumas atitudes das personagens.

A casa é regida por uma mãe forte e decidida que, em meio à guerra civil americana, precisou cuidar das filhas, enquanto o marido foi lutar na guerra. Em nenhum momento essa mãe deixa que falte algo para suas filhas, inclusive as reúne para ajudar famílias em situações piores. O filme conta com várias sequências de cenas emocionantes, seja pelo drama vivido pelas personagens, seja pela conquista de cada uma delas. Sentimento. Paixão. Carinho. Cuidado. Características atribuídas ao filme e ao mesmo tempo àquelas personagens. É emocionante acompanhar cada momento do filme. As atuações de um elenco fantástico são brilhantes. É um ótimo filme feito por uma excelente diretora e com atrizes incríveis no elenco.

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies