Brasil – Exportação de carne bovina in natura, em julho, já é recorde

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Total embarcado somou 136,42 mil toneladas nos primeiros 18 dias, o maior volume da história para o mês

O ritmo de exportações brasileiras de carne bovina in natura continua acelerado. “Sem espaço para folga. É assim que estão os embarques de carne in natura”, destaca o economista Yago Travagin, consultor da Agrifatto. De acordo com Travagini, o avanço foi de 3% na média diária na última semana, no comparativo da semana anterior, chegando agora a 7,58 mil toneladas embarcadas diariamente.

Com isso, o total exportado nos primeiros 18 dias úteis do mês de julho já soma 136,42 mil toneladas, o maior volume da história para o período, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). A receita também é recorde, com US$ 557,14 milhões. A média diária atingiu US$ 30,95 milhões, com preços da proteína bovina estabelecidos em US$ 4.083 por tonelada.

Continue a leitura após o anúncio
Na comparação, durante todo o mês de julho de 2019, as exportações de carne bovina in natura somaram 133,2 mil toneladas, por US$ 530,6 milhões. O total, incluindo carne industrializada e miúdos, foi de 160,3 mil toneladas por US$ 631,2 milhões.

Segundo Travagini, agora, fica a expectativa para saber se as exportações deste mês de julho irão superar o recorde mensal histórico. Ele foi registrado em outubro de 2019, quando saíram 170,5 mil toneladas.

Exportação de carne in natura, no mês de julho

(em mil toneladas)

2019 – 133,2

2018 – 130,9

2017 – 105,2

2016 – 82,2

2015 – 90,5

Fonte: Portal DBO

Precisando de uma renda extra?

Todos estão passando por momentos difíceis, devido à pandemia. Vivemos um momento de alta no desemprego em todo o Brasil. Para driblar essa situação, muitos