Bastidores – Edis Elgarte – 04/07/2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Transparência no lixo

A Câmara de Vereadores de Livramento, através das comissões de Constituição, Cidadania, Justiça e Assuntos Internacionais, presidida por Carlos Nilo Pintos, e de Infraestrutura e Acessibilidade, presidida por Mauricio “Galo” Del Fabro, deu prazo de cinco dias para que a Prefeitura Municipal disponibilize informações para análise e acompanhamento de todo processo da nova licitação que deverá ser realizada seguindo orientação do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul para contratação de empresa para o serviço de coleta e destinação do lixo no município. As duas comissões tiveram reunião conjunta na quinta-feira para analisar documento do TCE referente à coleta de lixo em Livramento entre 2016 e 2018. O TCE entendeu que o valor pago pela Prefeitura não trouxe economia para o Município e determinou a realização de licitação para nova contratação em um prazo de 90 dias.

Acordo binacional na prática

Uma reunião virtual da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais com as participações, entre outros, do ministro da Saúde do Uruguai, Daniel Salinas, e do governador do RS, Eduardo Leite, vai discutir na próxima quarta-feira, dia 8, os detalhes do projeto piloto de ações sanitárias que está sendo implantado na fronteira Livramento e Rivera. A reunião será coordenada pelo presidente da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa gaúcha, deputado Frederico Antunes, e contará ainda com as participações das secretárias de Saúde do RS, Arita Bergmann, e de Relações Federativas e Assuntos Internacionais, Ana Amélia Lemos, senador Tabare Viera e o presidente da Comissão de Assuntos Internacionais da Câmara do Uruguai, deputado Marne Osório, além do coordenador de Assuntos Internacionais do Ministério da Saúde, Flávio Werneck, o prefeito Ico Charopen e a Intendente Alma Galup. A videoconferência está marcada para às 11h15min.

Novos recursos contra a Covid 19

 

Atendendo solicitação do vereador Germano Camacho, o deputado federal Maurício Dziedricki encaminhou ofício ao prefeito Ico Charopen, esta semana, confirmando o repasse de mais R$ 300 mil para Livramento, para as ações de combate à pandemia causada pela Covid-19. O valor se soma a outros vários repasses extraordinários que já somam mais de R$ 5 milhões desde o começo da crise.

Água pública

O vereador Dagberto Reis não quer dar chances ao azar e decidiu empenhar com firmeza a bandeira contra qualquer risco de que o Departamento de Água e Esgotos – DAE de Livramento venha a ser privatizado ou seus serviços terceirizados para a iniciativa privada, na esteira da aprovação do novo Marco Regulatório do Saneamento no País. A nova norma estabelece metas para a cobertura das áreas urbanas pelo serviço de coleta e tratamento de esgoto e possibilita a privatização do serviço caso as metas não sejam atingidas. O DAE garante a toda a cidade e até na zona rural o abastecimento de água, mas ainda tem limitações em termos de rede de esgoto. Essa situação preocupa o Vereador, que é autor de lei municipal vedando a privatização da autarquia sem prévia autorização comunitária através de plebiscito. Esta semana, Dagberto protocolou proposta para que a Câmara de Vereadores aprove uma Moção de Protesto contra a possibilidade de privatização da água. A Moção deve ser votada nesta segunda-feira.

Sem homenagens

O presidente da Câmara de Veredores, Romário Paz, deve assinar esta semana determinação para o cancelamento, em 2020, das tradicionais homenagens de destaque e reconhecimento que os legisladores fazem anualmente a pessoas da comunidade, como parte das comemorações alusivas ao aniversário da cidade. A justificativa é a pandemia causada pela Covid-19, mas Romário aproveita para economizar os recursos. As cerimônias de entrega do troféu Obelisco Fronteira da Paz e das medalhas de Mérito consomem em torno de R$ 40 mil do orçamento anual da Câmara de Vereadores, segundo Romário Paz.

Igualdade

O volume de trabalho na direção da Câmara de Vereadores, em meio à pandemia do novo coronavírus e iniciando a campanha eleitoral, também exigiu do Presidente da Câmara de Vereadores um afastamento provisório da presidência do Diretório Municipal de seu partido, o MDB. Através de ofício apresentado ao partido esta semana, Romário Paz pediu licença da função e passou a responsabilidade de conduzir as conversas do MDB com outras agremiações, em relação às eleições deste ano, ao vice-presidente Renato Levy e ao chamado grupo da “velha guarda” emedebista, do qual fazem parte, além do próprio Levy, também Veco Lima, Ângelo Santanna, Gislaine Grecellé e Pantaleão Pessoa. O vereador pretende concentrar sua atenção em sua campanha e não quer que os demais candidatos se sintam desfavorecidos por ele exercer a presidência do partido.

Alô, ouvintes…

Os profissionais do microfone s que pretendem disputar cargos públicos nas próximas eleilões se preparam para voltar à “latinha”, após as despedidas temporárias no último dia 30 em razão da exigência de afastamento nos 90 dias que antecedem a realização do pleito. Há entendimento, porém, que a alteração na data das eleições municipais de 2020, remarcada para os dias 15 e 29 de novembro em 1º e 2º turnos, posterga também o prazo limite para o afastamento dos locutores e apresentadores de programas que vão concorrer. Caso confirmado, o novo calendário permitirá a volta aos microfones até meados do mês de agosto.

Não deu

Por falar em rádio, o conhecido e respeitado radialista Sérgio Dávila se despediu dos microfones da RCC FM esta semana para se dedicar a um novo projeto – só que não na área da política, como se imaginava. Serginho chegou a autorizar a inclusão de seu nome na futura nominata de candidatos à vereança pelo PCdoB, mas acabou desistindo. “Não adianta, isso não é prá mim”, explicou ele.

Ajuda aí

A chegada dos dias frios – e bota frio, nisso – felizmente ajuda a aquecer os corações da comunidade. Um número cada vez maior de pessoas se mobiliza e organiza para ajudar as pessoas que enfrentam maiores dificuldades do ponto de vista financeiro. Vários grupos estão arrecadando produtos alimentícios para a produção de “quentinhas” que são distribuídas para quem vive nas ruas e para famílias que passam por dificuldades.

Troco Solidário Rede Vivo Supermercados

A loja da Rede Vivo em Santana do Livramento estará arrecadando, através do troco solidário, donativos para o Lar da Infância Daniel Albornoz. Faça suas