Governo Gaúcho oferece apoio ao Uruguai para controle nas cidades de fronteira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em razão da morte de duas pessoas por covid-19 em Rivera no último fim de semana, o presidente Luis Lacalle Pou está hoje na cidade vizinha ao município gaúcho de Santana do Livramento para analisar a situação sanitária. Em ligação para o presidente do Uruguai, na manhã de hoje, o governador Eduardo Leite alinhou ações conjuntas para enfrentamento ao coronavírus.

O governador colocou as equipes das áreas de vigilância sanitária e epidemiológica do Estado para somar esforços e ajudar, por exemplo, no rastreamento de casos, mas principalmente em ações de preservação à vida nos municípios fronteiriços, mentre eles Santana do Livramento e Rivera, e Aceguá e Aceguá, além de Quaraí e Artigas, Barra do Quaraí e Bella Unión, Jaguarão e Rio Branco e Chuí e Chuy.

Em entrevista coletiva, Lacalle Pou anunciou a suspensão do início das aulas presenciais, que estavam agendadas para os dias 15 e 29 de junho, além de medidas mais restritivas no comércio da cidade e de maior controle nas fronteiras, com barreiras sanitárias em pontos estratégicos, com agentes do Exército reforçando o monitoramento nas rodovias. Embora tivesse cogitado, o presidente anunciou que o comércio de Rivera, incluindo as lojas francas (freeshops), não fechará, mas serão ampliadas as fiscalizações para verificar o cumprimento das medidas sanitárias recomendadas, como uso de máscaras obrigatório.

Vale destacar que o Uruguai tem 769 casos confirmados de covid-19 e já contabiliza 22 mortes desde o início da crise no país, em 13 de março. Deste total, 14 casos confirmados e duas mortes ocorreram em Rivera. As informações são da assessoria de imprensa do governo do Estado.

Você já ouviu falar em Psicologia Econômica?

A Sicredi Pampa Gaúcho convidou a Profª Doutora Vera Rita de Mello, maior especialista e estudiosa de psicologia econômica do Brasil para falar sobre Educação Financeira no Baita Prosa