Homem é esfaqueado na linha divisória

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Próximo das 2h da manhã desta terça-feira, dia 28, um homem chegou a um posto de combustíveis na linha divisória pedindo socorro. Aos frentistas, o indivíduo de 38 anos disse que teria sido esfaqueado por, pelo menos, três vezes na região do tórax no lado uruguaio da fronteira e só encontrou ajuda no estabelecimento.

Os funcionários do posto acionaram a Brigada Militar (BM) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para prestarem socorro à vítima. Prontamente as guarnições compareceram ao local e realizaram a remoção do homem até o pronto socorro da Santa Casa de Misericórdia de Sant’Ana do Livramento.

No pronto socorro, a reportagem do jornal A Plateia conversou com um amigo da vítima. De acordo com o homem, o ataque aconteceu quando ele se afastou do amigo para buscar comida para os dois. O indivíduo disse que não viu o que aconteceu e que só ficou sabendo quando retornou ao local e viu o carro de polícia e a ambulância.

Já em contato com as autoridades policiais, foi apurado que a vítima já possui uma extensa ficha criminal no país vizinho e que também é usuário de drogas. No hospital, o homem teria dito à BM que transitava pela rua Ansina quando foi surpreendido por dois homens, os quais não eram seus conhecidos, que, sem motivo algum, investiram contra ele desferindo três golpes de faca.

Como a ação ocorreu no Uruguai, a BM diz que não há nenhum suspeito e após receber os primeiros cuidados no pronto socorro, o homem deve ser transladado ao hospital de Rivera. Até o fechamento desta publicação, a vítima encontrava-se consciente e o seu quadro era estável.

 

Texto e Fotos: Murilo Alves/AP

Estado divulga dados sobre Safra da Uva

Nota de esclarecimento (10/07/2020):  os técnicos da Secretaria estão checando todos os dados da safra, porque eles podem sofrer algumas alterações em função dos novos números