Um terço dos vereadores muda de partido na janela pré-eleição

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Dois partidos se fortaleceram no parlamento santanense e um ganhou representatividade

O período da tão esperada janela partidária encerrou nesta sexta-feira (03), para os vereadores que pretendiam concorrer à reeleição ou ao cargo de prefeito nas eleições 2020, a fim de que pudessem mudar de partido sem correr o risco de perder o mandato.
A janela partidária só vale para os vereadores que são eleitos pelos votos proporcionais, diferente dos prefeitos. No Poder Executivo, os mandatários são eleitos por votação majoritária.
Em Sant’Ana do Livramento, como já era esperado, os que eram filiados a partidos enquadrados nas cláusulas de barreiras anunciaram suas filiações em outros partidos políticos. A cláusula foi definida em uma PEC de 2017, que restringe o acesso a recursos do Fundo Partidário e ao tempo de rádio e TV aos partidos que tivessem recebido ao menos 1,5% dos votos válidos nas eleições de 2018 para a Câmara dos Deputados, distribuídos em pelo menos 1/3 das unidades da Federação, com um mínimo de 1% dos votos válidos em cada uma delas.
O que não estava previsto, porém, foi a grande adesão dos vereadores à janela partidária. Um terço dos parlamentares da Câmara de Vereadores mudou de partido.

Republicanos

O vereador Antonio Zenoir, antes do PSD, assinou ficha, nesta semana no Republicanos. O vereador Danúbio Barcellos também é o novo nome da sigla. O parlamentar deixou o Progressistas em um momento derradeiro: durante a votação da admissibilidade do processo de cassação da prefeita Mari Machado (PSB). O processo acabou sendo suspenso pela Justiça com a justificativa de indícios de irregularidades.  A orientação do Progressistas era para votação contrária ao pedido. Não concordando, Danúbio anunciou que se desfiliaria do partido. Ainda não está definido a que cargo Danúbio deve concorrer, mas existe sua pretensão em ser candidato a prefeito neste ano.
Partido da Social  Democracia Brasileira
O vereador Antonio Zenoir, antes do PSD, assinou ficha, nesta semana no Republicanos. O vereador Danúbio Barcellos também é o novo nome da sigla. O parlamentar deixou o Progressistas em um momento derradeiro: durante a votação da admissibilidade do processo de cassação da prefeita Mari Machado (PSB). O processo acabou sendo suspenso pela Justiça com a justificativa de indícios de irregularidades. A orientação do Progressistas era para votação contrária ao pedido. Não concordando, Danúbio anunciou que se desfiliaria do partido. Ainda não está definido a que cargo Danúbio deve concorrer, mas existe sua pretensão em ser candidato a prefeito neste ano.
Progressista
O Progressista também ganhou mais dois representantes no Legislativo santanense: o vereador Maurício Galo del Fabro que, mesmo sendo o presidente do PSDB até o início deste ano, vinha dando sinais de descontentamento com o Governo estadual, devido à falta de espaço na Administração Eduardo Leite, assinou ficha na agremiação. A vereadora Márcia da Rosa, até então filiada ao PSB, partido da prefeita Mari, após conversas com seus apoiadores, chegou à conclusão que era hora de migrar para um partido de direita e também filiou-se ao Progressista.
Democratas
Outro partido que passa a ter atuação na Câmara Municipal, nesta semana, é o Democratas. O vereador Ulberto Navarro – Garrão, antes filiado ao PDT e apoiador do prefeito afastado Ico Charopen, agora passa a ser a única representação da agremiação que traz novos nomes para o partido nesta semana.
Nova composição da Câmara
Com remodelação, a Câmara de Vereadores deixa de ter a representação de três partidos: Rede Sustentabilidade (REDE), Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o Partido Social Democrático (PSD). Com essa mudança dois partidos foram fortalecidos, o Republicanos e o Progressista, com três parlamentares cada. Outro partido que perdeu representatividade foi o PDT, de três vereadores, restaram dois. O Democratas passa a ter um representante. Continuam com o mesmo número de vereadores os partidos: PT, com quatro; MDB, com um; PSDB, também com um; e PTB, com dois.

Rodrigo Evaldt
rodrigo@jornalaplateia.com

Bastidores – Edis Elgarte – 26/09/2020

Olhar acadêmico A comunidade santanense vai poder contar com uma excelente ferramenta de acompanhamento do processo eleitoral que se inicia, regularmente, neste domingo, 17. Sob

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies