Igrejas Católicas do município anunciam medidas contra o COVID-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Padre da Igreja do Rosário, Leandro Lopes anunciou algumas medidas para a comunidade Católica, confira a publicação:

A Diocese de Bagé, em união com as angústias, dores e sofrimentos de
seu tempo, e tendo presente as recomendações sanitárias diante do possível
avanço do Coronavírus (Covid-19), vem comunicar ao Povo de Deus que se
une de modo especial pela caridade, oração e vivência mais plena da
Quaresma.
Para tanto, DETERMINAMOS, até que comuniquemos o contrário:
1. Por um período indeterminado estão suspensas todas as atividades da
Catequese nas paróquias, encontros de oração, assembleias, encontros de
formação, eventos, retiros, projetos sociais e demais atividades pastorais;
bem como todos os eventos nos salões paroquiais e comunitários, festas de
padroeiros, almoços, jantares, festas e demais promoções sociais.
2. Os templos paroquiais mantenham-se abertos para a oração pessoal.
3. Sejam mantidas as celebrações da Santa Missa, observando os seguintes
cuidados:
3.1) Celebrações com a presença de fiéis sejam realizadas somente onde for
possível garantir as determinações das autoridades sanitárias: menos de
100 pessoas, dois metros de distância entre elas, ambiente arejado e
higienizado; neste caso, a Sagrada Eucaristia seja recebida na mão.
3.2) Na impossibilidade da participação presencial, neste tempo de exceção, a
Santa Missa, com a Comunhão Espiritual, pode ser acessada pelos Meios
de Comunicação (TV, Rádio, Internet), cumprindo assim, o preceito
dominical.
3.3) Durante a Santa Missa suprima-se o Abraço da Paz (abraço ou aperto de
mão) e não se deem as mãos durante a oração do Pai Nosso, conforme a
praxe da Igreja.
3.4) Os Sacerdotes e Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão antes
de suas funções lavem bem as mãos com sabão ou sabonete em água
corrente. Se puderem, higienizem-nas também com álcool gel.
3.5) A Água Benta deve ser retirada da entrada das igrejas e templos. O local
da celebração esteja aberto e arejado, seja higienizado antes e depois da
Santa Missa. Os fiéis mantenham certa distância e evitem aglomerações
entre si.
3.6) Os fiéis idosos, doentes, enfermos, com sintomas de gripe ou resfriado; ou
que tenham suspeita de tais sintomas, permaneçam em suas casas e acompanhem a Santa Missa pelos meios de comunicação, oferecendo este
sacrifício pelo bem dos demais.
4. Os párocos tenham redobrada e caridosa atenção aos doentes ao
administrar-lhes a Sagrada Comunhão e a Unção dos Enfermos.
5. No Sacramento da Penitência (Confissão) o confessor e o penitente
mantenham a distância recomendada.
6. Em todas as paróquias celebrem os presbíteros, diariamente, a Santa Missa,
de forma privada, em favor do Povo de Deus.
7. Durante o período indicado, os Sacramentos do Batismo e Matrimônio sejam
celebrados sem aglomerações de pessoas.
8. A Celebração da Esperança (Encomendações) seja realizada no local do
sepultamento, seguindo as determinações da vigilância sanitária.
9. Em todos os casos que sejam cumpridas as determinações das autoridades
sanitárias e profissionais da saúde.
Confiantes da intercessão do Mártir São Sebastião, patrono de nossa
Diocese, pedimos ao Senhor da Igreja que nos livre da peste, da doença e da
fome. Desejamos a todos uma vivência da Quaresma mais intensa por meio
do jejum, da esmola e da oração por nossa conversão, por aqueles que sofrem
e pelo fim desta epidemia.
Diante da gravidade do momento que estamos vivendo faz-se necessário algumas orientações e medidas:
1) Devemos considerar as orientações de diocese e também do poder público municipal;
2) É importante que todos conheçam e divulguem esses documentos. No caso da orientação da diocese já foi compartilhada aqui no grupo e está publicada no mural da igreja, bem como a disposição de quem desejar na secretaria paroquial;
3) Considerando a orientação diocesana, estão suspensas por tempo indeterminado: a catequese, encontros de oração, assembleias, encontros de formação, eventos, retiros, projetos sociais, eventos nos salões paroquiais, festas de padroeiros, almoços, jantares, festas e demais promoções sociais;
4) As igrejas permanecerão abertas;
5) Fiéis idosos, doentes, enfermos com gripe ou resfriado ou que tenham suspeitas desses sintomas deverão permanecer em suas casas e acompanhar a Santa Missa pelos meios de comunicação (rádio, tv, internet);
6) Na impossibilidade de participação presencial na Santa Missa, nesse tempo de excessão, através da comunhão espiritual acompanhando a missa pelos meios de comunicação social, estará cumprido o preceito dominical;
7) Os sacramentos do batismo e matrimônio, deverão ser celebrados sem aglomeração de pessoas;
8) As encomendações, sejam realizadas no local de sepultamento;
9) Em Livramento, em reunião hoje a tarde, Pe Juberto, Pe Alex e eu (Pe Leandro Lopes), tendo em conta o momento atual e as recomendações antes mencionadas, decidimos, por ora, manter a celebração da Santa Missa, nos horários de costume, somente nas matrizes, Sant’Ana, Santa Terezinha, e Rosário, respeitando o limite máximo de 50 pessoas, conforme determina o decreto da prefeitura para as atividades religiosas;
10) Essas orientações poderão sofrer alterações por força das circunstâncias, especialmente se houver novas determinações de parte da diocese ou da prefeitura;
11) A secretaria paroquial permanecerá aberta no horário de costume;
12) Qualquer dúvida, orientação, estou a disposição para esclarecer, seja coletiva ou individualmente, se precisar podem me chamar no privado;
13) Ajudem a divulgar o máximo possível essas informações;
14) Tenhamos presente que ter precaução e cuidado não é falta de fé, ao contrário, é demonstração de amor e respeito com a vida, própria e do próximo; Deus quer que cuidemos uns dos outros;
15) Que nossa padroeira, a Virgem Maria, Nossa Senhora do Rosário, rogue a Deus por nós. Deus abençoe a todos e a cada um.

Crianças podem tomar café?

O café é uma das bebidas mais consumidas no Brasil e tem adoradores por todo o mundo. Sempre quentinho, com um sabor sem igual e