Elas comandam os dois lados da Fronteira

São tantos significados descritos em apenas uma foto que podemos abrir várias linhas de pensamento. A primeira delas é o fato de duas mulheres estarem no comando da Fronteira da Paz, acontecimento nunca antes registrado. Nas últimas décadas muito se falou na inserção da mulher na política brasileira e no Uruguai não é diferente.
Inúmeras variáveis podem ter culminado para o momento único, mas o empenho e a dedicação dessas duas mulheres certamente estão acima de todas as mudanças ocorridas para que elas estivessem na condução dos trabalhos em Sant’Ana do Livramento e Rivera.

A Intendente Departamental de Rivera, professora Alma Galup Migliarini e a prefeita de Livramento, professora Mari Machado, participaram, nessa sexta-feira (28), do evento de hasteamento das bandeiras brasileira e uruguaia, no Parque Internacional, em alusão ao aniversário da praça que é um marco de união de dois países durante a Segunda Guerra Mundial.
Para Alma, a troca das bandeiras significou muito mais que uma comemoração. “Senti um orgulho enorme de ser mulher e estar onde estou, pois nunca imaginei esse momento”, disse ela à coluna em um tom bastante emocionado.

“É um simbolismo muito especial de paz e integração entre dois povos, dois países irmãos. Foi uma feliz oportunidade realizar a solenidade de troca dos pavilhões dos dois países em um momento em que duas mulheres estão à frente do executivo de ambas as cidades e trazem para seus governos a sensibilidade do olhar feminino”, lembrou a prefeita Mari Machado.
Os três planos do parque significam liberdade, igualdade e fraternidade, sentimentos presentes durante a cerimônia. “Eu senti exatamente isso durante o evento. Foi muito incomum, acho que tanto eu quanto a prefeita Mari estávamos unidas no mesmo sentimento, pois mesmo com dois povos distintos e com países de soberanias distintas a cidade é como uma só”, classificou Alma.
“Agradeço a todas as autoridades civis e militares que estiveram prestigiando o evento e, muito especialmente, ao fato de poder, junto com a intendente Alma Galllup, marcar a presença feminina em um espaço de poder como a prefeitura e a intendência do lado de Rivera. Que esse momento inspire outras mulheres e a também ocuparem espaços na política”, finalizou.

Grupo Aplateia