Escolas santanenses recebem ordem de fechamento de turmas do EJA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Decisão pegou de surpresa as diretoras das escolas Celina Vares e Dr. Élbio

No início da semana, começou o processo de inscrições para o programa de Educação para Jovens e Adultos (EJA), muitos jovens e adultos, através deste programa, têm a oportunidade de se formar no ensino fundamental e médio.
Para a surpresa das diretoras Silvia Moraes e Daniela Torres, das escolas Celina Vares Albornoz e Doutor Élbio, respectivamente, ao abrir o sistema de cadastros escolares, não encontraram disponível a aba de cadastros para alunos no programa EJA.

Celina Vares Albornoz

A diretora Silvia Moraes conta como foi o recebimento da informação de que o EJA estava cancelado da escola: “Segunda pela tarde, eu realizei uma ligação para a 19ª CRE sobre algumas novidades que virão para a escola. Durante a ligação foi-me informado de que a escola teria seu EJA encerrado. Eu me assustei e fui rapidamente à 19ª, pois não havia sido chamada para realização da comunicação formal. É muito triste o fechamento deste programa na escola, nossos alunos são moradores da região da periferia da cidade, muitos vêm até à escola caminhando. Não ter escolas na proximidade com esse programa, resultará em uma grande evasão, pois muitos alunos não têm condições de se locomoverem até uma escola no centro”, conta.
A diretora ainda ressalta que irá lutar pela educação: “Nós lutaremos pela educação, nossos alunos sempre foram bem-vindos, a média de idade dos alunos é alta, nosso EJA é muito ativo, não podemos deixar a comunidade perder esse serviço que prestamos com excelência. Realizamos um abaixo-assinado na internet e também disponibilizamos de maneira física na secretaria da escola”.

Doutor Élbio

A escola Doutor Élbio também foi surpreendida pela decisão de encerramento do EJA: “Alguns alunos já haviam deixado conosco a sua documentação para realização das inscrições. O que me surpreendeu ainda mais, além do fato de nossa escola não estar disponível para a realização da inscrição, a cidade de Sant’Ana do Livramento não estava com nenhuma entidade cadastrada para o EJA no nível Fundamental. Ligamos para a 19ª onde foi solicitada minha presença na coordenadoria e foi-me comunicado o encerramento do programa na escola e que será realizada a educação por meio de pólos centralizados, mais de 120 alunos serão prejudicados. Estamos mostrando publicamente nossa indignação sobre a decisão de fechamento e seguimos com os abaixo-assinados, contamos com a força da comunidade”, desabafa a diretora Daniela Torres
A reportagem tentou contato com a 19ª Coordenadoria Regional de Educação, porém não obtivemos retorno.

João Victor Montoli
Joao@jornalaplateia.com