RC Livramento realiza doação de centenas de brinquedos no Natal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O RC Livramento é um Clube de Futebol Amador de Sant’Ana do Livramento-RS fundado no dia 25 de novembro de 2006 por 12 amigos. Devido a intensa ligação dos integrantes do grupo com a realização de ações solidárias, o RC vem sendo reconhecido como um projeto social, que alia o esporte e a solidariedade para ajudar a comunidade carente da cidade.
Na última semana, os integrantes e simpatizantes do clube realizaram uma de várias atividades solidárias do ano, a Campanha de Natal. A ação tem como objetivo presentear crianças carentes da cidade, possibilitando que as mesmas passem um Natal mais especial e com muita alegria.

Em 2019, o apoio da comunidade foi ainda maior, o que possibilitou os integrantes do RC visitarem três bairros da cidade, quais sejam: Cerro do Armour, São Paulo/Tajamar e Prado. Entre os três bairros, os integrantes do RC Livramento entregaram brinquedos para 750 crianças. Com esse número de crianças beneficiadas, foi possível superar a marca alcançada em 2018, que foi de 700 crianças.
Em todas as localidades visitadas, os integrantes do RC Livramento foram muito bem recebidos, ressaltando sempre a reação das crianças ao receber seu brinquedo, o que serve de incentivo e dá muita força para que esse grupo de amigos siga levando o bem aos que mais precisam. Dessa forma, os integrantes do RC agradecem imensamente a cada pessoa que doou e colaborou em prol da Campanha de Natal, tornando possível chegar neste número incrível, que causa imensa alegria a todos que fazem parte desse projeto.

O clube agradece a todas as pessoas que estiveram ao lado do RC Livramento em 2019, apoiando, torcendo, colaborando e doando, fazendo com que os objetivos traçados fossem todos alcançados.

João Victor Montoli
Joao@jornalaplateia.com

Quebrando paradigmas – Eis a questão!

Sempre fui meio “fora da casinha”. Para os conservadores, uma disfuncionada precisando de ajuda psicológica; para outros, adiante do meu tempo. A história está aí