Santanense Nicole Carrion é Melhor Interprete da 41° Califórnia da Canção

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

A 41° edição da Califórnia da Canção Nativa chegou ao seu fim confirmando as expectativas às quais se propunha. O festival terminou na madrugada deste domingo, 8, e consagrou grandes nomes e revelações da música gaúcha.
Foi uma noite mágica e entusiasmada que contou com a apresentação das 12 músicas finalistas, concorrentes às Calhandras de Ouro, Prata e Bronze, confirmando o novo modelo do festival.
A cantora santanense Nicole Carrion foi eleita pelo júri como a Melhor Intérprete.

O excelente público presente, além de torcer e ouvir as finalistas, foi brindado mais uma vez com uma linda homenagem musical a Mario Barbará e também com o show de encerramento de João de Almeida Neto.

Os premiados foram:
Calhandra de Ouro: Leilão de Aperos, de Flávio Saldanha e Nilton Ferreira;
Calhandra de Prata: Guria, de Maxsoel de Freitas e Jaime Ribeiro;
Calhandra de Bronze: O Anjo e o Louco, de Vaine Darde e Lenin Nunez;
Canção mais popular (escolhida pelo voto do público): Guria, de Maxsoel de Freitas e Jaime Ribeiro;
Melhor letra: Leilão de Aperos, de Flávio Saldanha;
Melhor melodia: Querência Morena, de Lenin Nunez;
Melhor instrumentista: Felipe Goulart;
Melhor intérprete: Nicole Carrion

Bastidores – Edis Elgarte – 26/09/2020

Olhar acadêmico A comunidade santanense vai poder contar com uma excelente ferramenta de acompanhamento do processo eleitoral que se inicia, regularmente, neste domingo, 17. Sob

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies