Lutadores santanenses embarcaram para São Paulo para disputar torneio de jiu-jitsu

Nessa quarta-feira (28), um grupo de lutadores da academia de artes marciais Armlock Voador, viajou para São Paulo para disputar evento organizado pela equipe de Jiu-Jitsu Ryan Gracie.
Glória Alvares, gestora do espaço Armlock Voador comentou sobre a viagem desta equipe para competições fora do estado: “Trabalhamos com um espaço que reúne várias artes marciais entre elas o jiu-jitsu que é o nosso carro-chefe. Estamos, nesse momento, passando por uma etapa muito interessante em que estamos levando parte da equipe para competir em São Paulo. Nós estamos diretamente ligados com as atividades que são feitas lá. O professor Faixa Preta, que é paulista, vem gerenciar e organizar a nossa equipe aqui em Livramento, ele se chama Renan Seixas, é o nosso orientador com relação à arte e um traço muito importante para nós é o fato dele ser um praticante de arte marcial brasileira que foi desenvolvido pela família Gracie. Então, isso é muito representativo para nós pelo fato de ter um traço cultural também muito próprio. A equipe irá participar como representantes do Rio Grande do Sul, por que é uma competição interna em nível nacional, uma competição que se chama InterGracie que foi criada para determinar a arte como um todo e também promover o desenvolvimento em nível da equipe”, conta.

Além disso, Glória destacou o certificado que Armlock Voador possui: “em nível de estado somos a única equipe no Rio Grande do Sul oficial licenciada Ryan Gracie e também não deixa de ser uma característica muito particular, que é o fato de estarmos na fronteira e termos aqui, atletas uruguaios e brasileiros, interagindo junto com professores graduados que orientam as aulas em nível local e que todos eles estão aptos a dar aula por meio da formação de graduação e conhecimento técnico”, comenta.
A expectativa é de resultados positivos: “Esperamos que a equipe tenha resultados positivos para fomentar a continuidade do trabalho, aqui, em nossos passos na cidade. Nossa equipe está no processo de evolução, então, para complementar realmente essa atividade, o objetivo é sempre buscar a melhoria no nível técnico pessoal”, encerra.

Grupo Aplateia