Operação Caminho da Serra é deflagrada em Taquara e apreende meia tonelada de carne imprópria para o consumo humano

POR POLÍCIA CIVIL

Nesta terça-feira (12), a Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Bagé e com apoio da Secretaria Estadual de Agricultura e do Departamento de Polícia do Interior (DPI), cumpriu 25 ordens judiciais, entre elas buscas e quebras de sigilo.

Por mais de oito meses a equipe da Decrab/Bagé monitorou e descobriu um grande esquema criminoso, composto por vários frigoríficos e estabelecimentos comerciais, especializados no comércio de carne: sem procedência; imprópria para o consumo humano; e, de animais furtados.

Ficou constatado que em diversas oportunidades foi recebido em um dos frigoríficos investigados, animais que já estavam em óbito quando deram entrada na empresa, ou seja não foram abatidos e sim carneados após terem chegados mortos no frigorífico.

No curso dos oito meses de investigação já foram apreendidos pela Polícia Civil e Vigilancia Sanitaria de Taquara aproximadamente 10 toneladas de carne imprópria para o consumo humano e equipamentos utilizados para falsificação de carimbos e embalagens de carne bovina.

Ao todo foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão, entre eles cinco em frigoríficos e três em estabelecimentos comerciais de vendas a varejo, tendo sido apreendido 500Kg de carne imprópria para o consumo humano.

Grupo Aplateia