Método de combate ao javali desenvolvido em Livramento é referência no Brasil

A Equipe Javali no Pampa vem se destacando nos últimos anos, tanto na produção científica sobre o assunto quanto nos métodos de controle deste invasor

Na sexta-feira, dia 1º de novembro, a Equipe Javali no Pampa, ICMBio, IBAMA e representantes do Exército Brasileiro, participaram de oficina de armadilhagem com gaiolas para controle do javali. Além da oficina prática, houve o encontro com explanação teórica e visita às propriedades que utilizam essa técnica no controle de danos.
Os trabalhos foram coordenados pela Equipe Javali no Pampa e ICMBio, que vem há vários anos realizando o controle deste animal invasor por meio de armadilhas espalhadas em propriedades rurais da fronteira. Segundo um dos integrantes da equipe, o biólogo Thiago dos Reis, a importância da oficina foi demostrar, na prática, os excelentes resultados que podem ser obtidos com o manejo correto desses animais, diminuindo os riscos para os controladores e também ao meio ambiente. Na verdade, a gente recebeu um convite para demostrar um pouco do trabalho que estamos realizando. A solicitação para nós explanarmos foi do IBAMA porque eles querem difundir essas técnicas. Num primeiro momento, nós realizamos uma apresentação no Sindicato Rural que foi ministrada por mim (Thiago dos Reis) e Serginho Falcão, membro da equipe. Já num segundo momento, nós fomos até as dependências do MAPA onde foi apresentada, pelo ICMBio, a gaiola modelo pampa que faz parte da instrução normativa número 12, e na oportunidade nós fizemos a demonstração da sua montagem e modo de operação” destacou.
Já durante a tarde, o grupo acabou visitando duas propriedades onde a Equipe Javali no Pampa desenvolve o trabalho de captura desses animais por meio de jaulas instaladas em pontos estratégicos. “A gente aplica essa metodologia nas duas propriedades, são dois modelos. Então, a gente mostrou as gaiolas e também ouviu o relato dos produtores sobre a utilização desta metodologia” disse.


Entre os participantes da oficina estavam militares do exército, profissionais do IBAMA de Porto Alegre, Bagé e também de Santa Maria que estão buscando desenvolver ações para difundir essas metodologias de controle. “Esse convite para demostrar o nosso trabalho muito nos orgulha, pois somos um grupo não governamental, hoje compondo tanto no plano estadual quanto no plano nacional o controle do javali. Somos uma referência em ações voltadas contra o controle desses animais, tanto é que essa moção do IBAMA foi para esses profissionais virem fazer um minicurso e um dia de campo onde a gente relatou as nossas experiências, para depois eles replicarem em outros locais. Isso é muito gratificante para nós, e para Sant’Ana do Livramento, pois é um trabalho nosso, daqui, hoje, reconhecido nacionalmente “
Atualmente o Plano Nacional do Javali que está em pleno desenvolvimento no Brasil trabalha com o modelo de jaula desenvolvido e testado em Livramento pelo ICMBio sendo projetado pelo santanense Raul Paixão. Mais informações sobre a jaula podem ser encontradas na INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12, DE 25 DE MARÇO DE 2019

Matias Moura
contatomatiasmoura@hotmail.com

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário