Exportação de carne bovina é recorde em outubro, sobe 10% no ano

O Brasil exportou 185,5 mil toneladas de carne bovina em outubro, o maior volume já embarcado pelo país em um mês, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) na segunda-feira (04).

O volume é 15% maior que o exportado no mesmo mês do ano passado, impulsionado principalmente pelas compras da China, que importou 65,8 mil toneladas de carne bovina brasileira no período.

A China enfrenta baixa disponibilidade interna de proteína animal, diante dos casos de peste suína africana que afetam seu rebanho suíno, e está elevando as exportações de carnes.

A aceleração no ritmo das vendas externas em outubro já era esperada depois que a China autorizou mais 17 frigoríficos de carne bovina brasileira a exportarem para o país no início de setembro.

O faturamento resultante das exportações brasileiras de carne bovina em outubro também é o maior já registrado pelo setor em um mês, a US$ 808,4 milhões, e 30% acima do mesmo mês de 2018.

Em relação a setembro de 2019, as exportações aumentaram 28% em volume e 33% em faturamento.

Com esse resultado, as exportações de carne bovina nos primeiros dez meses do ano somam 1,46 milhão de toneladas, alta de 9,9% ante igual período do ano passado. O faturamento anual subiu 7,5%, para US$ 5,77 bilhões.

“Os resultados mostram a consolidação da carne brasileira nos principais mercados internacionais”, disse o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli, em nota.

Fonte: CarneTec, por Anna Flávia Rochas

Postado por Matias Moura

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário