“Na educação, 85% dos professores, ou são do PSOL, ou do PT, ou do PSTU, ou do PSDB. Por isso, o problema da educação do Brasil”

Em um discurso no plenário João Goulart, na Câmara de Vereadores de Sant’Ana do Livramento, o vereador Danúbio Barcellos, Progressistas, atribuiu o que chamou de “problema da Educação no Brasil”, ao um dado: segundo a fala do vereador, 85% dos professores, ou são do PSOL; ou do PT; ou do PSTU; ou do PSDB.

A fala foi proferida durante a sessão dessa segunda-feira (04):

“Na educação… Eu sei que professores que vão me ouvir agora pela internet vão ficar de cara comigo. Não tem problema, eu não jogo para a torcida, eu jogo com o que eu penso, com a minha opinião, eu sei que nós devemos ter aqui quase dois mil professores, mas eu vou falar: na educação, 85% dos professores, ou são do PSOL, ou do PT, ou do PSTU, ou do PSDB. Por isso, o problema da educação do Brasil”.

As palavras causaram discussão e divergências já no plenário, durante a sessão. Nas redes sociais, o pronunciamento do parlamentar viralizou e é alvo de críticas, principalmente por parte dos professores santanenses.

Ao programa Conversa de Fim de Tarde, a diretora-geral do 23º Núcleo do CPERS/Sindicato, Adriana de Leon, classificou como infeliz o comentário do vereador. “Espero que ele se retrate, que tenha hombridade para isso”, disse, destacando que hoje os professores não têm estrutura mínima para garantir a qualidade do ensino em sala de aula. “O professor acaba tirando do bolso para produzir uma aula com um pouquinho de qualidade”, finalizou.

Atualizado às 9h44min, de 05 de novembro de 2019:

Ainda durante à noite, o vereador fez uma live no Facebook afirmando que a sua fala no plenário foi pelo viés de uma escola sem partido. “Eu sou completamente contra a doutrinação doutrinação partidária nas escolas. Eu já presenciei a doutrinação partidária dentro das escolas”, afirmou o parlamentar. Danúbio classificou sua fala como um momento de “exaltação” e pediu desculpas aos professores. 

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário