Pé na estrada, mochila nas costas e fé no coração

Imagine você sair do conforto e segurança da sua casa, pegar a estrada sem nenhum dinheiro, somente com uma mochila nas costas, alguns pertences e por companhia pessoas que você não conhece, para ficar 30 dias na estrada. Pois é justamente isso que está fazendo um grupo de missionários cristãos da base da Jocum de Caxias do Sul, que nesta semana estiveram de passagem em Sant’Ana do Livramento rumo ao Uruguai.

O Jovens Com Uma Missão oferece programas de treinamento em mais de 650 localidades diferentes espalhadas por 180 países em 100 idiomas diferentes. Cada uma dessas localidades é dedicada à discipular homens, mulheres, jovens e adultos equipando-os com as habilidades necessárias para servir e alcançar o mundo para Jesus.
Somente no primeiro semestre de 2019, a Jocum Brasil enviou mais de 500 pessoas entre estudantes e facilitadores de diversas nacionalidades para, aproximadamente, 30 nações diferentes em cinco continentes. Dentro do Brasil, equipes chegaram a mais de 20 estados alcançando comunidades quilombolas, ribeirinhas e, pelo menos, cinco etnias indígenas.
O Projeto Mochilão é um dos Ministérios da JOCUM-Caxias do Sul/RS. E por meio da mobilização de pessoas, igrejas e organizações cristãs possibilita a praticar sua fé, através de evangelismos e relacionamento de uma forma mais intensa e radical.

O Grupo de 10 pessoas, formado por Junior, 25 anos, natural do Paraná; André, 23 anos, natural de São Paulo; Eduardo Garcia Feijó; Poliana, 36 anos; Samara, 19 anos, da Paraíba; Ana, 44 anos; Dionatas Viera, 25 anos, do Piauí; Iracelia, de Belém do Pará; Raiani, 20 anos, de Minas Gerais e Junior, de 19 anos, da cidade de Gramado, ficaram em Livramento por dois dias depois de conseguir carona e hospedagem em uma casa de família.

Segundo Junior, um dos porta-vozes do grupo, para realizar esta aventura eles passaram uma semana de treinamento avaliando todos os riscos para a viagem que é realizada em dupla, sempre pedindo carona e contando com a boa vontade das pessoas até para se alimentar, pois eles não carregam nenhum dinheiro consigo. Na mochila, que durante 30 dias é a sua casa, vai desde barraca, a peças de roupas, remédios (kit de primeiros socorros) entre outras coisas. Cada um deles carrega consigo uma história diferente de vida, o grupo acaba se conhecendo durante a viagem onde a meta é passar pelo máximo de cidades possível evangelizando até mesmo durante as caronas que recebem. “É uma experiência muito transformadora porque a gente acaba experimentando a dependência total de Deus até mesmo para comer e dormir. É uma forma de retribuir tudo aquilo que Ele tem nos dado. Fazendo o bem para as pessoas e vivendo o Evangelho na prática” disse Junior. São jovens que têm em mente um único ideal, servir ao próximo e fazer o bem. Depois da estada em Livramento, o grupo seguiu viagem, chegando em Montevidéu, nesta sexta-feira (1º), onde irão permanecer por dois ou três dias ou até quando Deus quiser.

Matias Moura
contatomatiasmoura@hotmail.com

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário