Músico cria projeto para trabalhar com jovens e crianças carentes na Vila Real

Apesar de estar desempregado, Léo Martin alimenta o sonho de tirar crianças e jovens das ruas por meio de ações sociais

Léo Martin, como é conhecido pelos amigos, é casado, pai de seis filhos e, atualmente, está desempregado. Ele e sua família vivem de doações. Mesmo assim ele criou um projeto que visa tirar crianças e jovens das ruas e do vício. Agora precisa de ajuda para construir um galpão onde irá dar aulas gratuitas de violão para os moradores da Vila Real. Além disso, juntamente com outros amigos, todas às sextas-feiras, eles realizam uma ação social que fornece mais de 200 quentinhas para moradores de rua e pessoas carentes da região do bairro Prado.
Segundo Léo, o projeto sobrevive de doações: “Nós não somos ricos em dinheiro, mas, somos ricos de fé. Apesar da dificuldade financeira que minha família possui, nós mantemos esta ação com doações de vários parceiros e também abrigamos os mais necessitados. Além de alimento, nós também fornecemos roupas, abrigo, oportunidade de trabalho e formação. Trabalhamos com artesanato, realizando a confecção de animais em argila, também, eu, pessoalmente, dou aula de violão”.
Léo conta que é complicado conseguir doações todas as semanas: “Realizo a doação toda sexta-feira pela noite. Mesmo assim, durante o horário do almoço, às vezes, recebemos algumas pessoas que nos pedem um prato de comida, eu jamais negaria o alimento a um semelhante. Infelizmente somos uma família simples, não damos luxo aos nossos filhos e, apesar disso, eu alimento quem me pedir um alimento. Peço ajuda a todos os empresários e donos de estabelecimentos que queiram colaborar com o projeto. Toda a ajuda é bem-vinda. Glória a Deus”.
Apesar de se dedicar aos mais necessitados, o próprio Léo Martin e sua família não tinham onde morar, e permaneciam de favor na casa de amigos. Até que, há um mês, acabou ganhando um terreno que foi cedido pela Prefeitura para construir a sede do seu projeto solidário e por consequência uma casa para a sua família. Mas foi através das redes sociais que a história da sua família começou a mudar quando a empreendedora Ketrin Rafaela Silva acabou conhecendo o seu trabalho voluntário e a sua história de vida. Ela resolveu então arregaçar as mangas e fazer uma rifa para juntar dinheiro e ajudar Leo a realizar seu sonho de ter uma casa para a sua família. Em pouco tempo a história se espalhou e mais e mais pessoas começaram ajudar e foram criados mil números de uma ação entre amigos no valor de R$ 2,00 com o objetivo de todo o valor ser utilizado para a construção da casa. Quem tiver interesse em comprar os números quer irão correr no dia 20 de setembro basta entrar em contato com Ketrin Rafaela Silva, pelo facebook ou então pelo telefone (9) 9669-0742.
Já quem quiser ajudar Léo Martin a construir a sede para seu projeto pode entrar em contato com o músico pelo (55) 9 8452-4291 ou então na rua Carmem Cabeda, 184, na Vila Real.

Grupo Aplateia