Especialista alerta sobre cuidados com superexposição em redes sociais

Apresentadores do programa Tarde Nacional conversaram com Rodrigo Nejm, diretor de Educação da Safernet Brasil, ONG que atua na promoção e defesa dos direitos humanos na Internet no Brasil.

A superexposição nas redes sociais pode ser um hábito perigoso, de acordo com especialistas em segurança da informação. As redes sociais ocupam cada vez mais espaço na vida dos brasileiros, mas é necessário usar com cautela essas ferramentas por questões de segurança e privacidade. Os apresentadores do programa Tarde Nacional conversaram com Rodrigo Nejm, diretor de Educação da Safernet Brasil, ONG que atua na promoção e defesa dos direitos humanos na Internet no Brasil. A instituição orienta crianças, adolescentes, pais e educadores sobre uso responsável e seguro da Internet. Criou e coordena a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos e o Helpline.br, canal de ajuda online que orienta vítimas de violações de direitos na rede. Mais informações no site http://www.safernet.org.br/.

Rodrigo explicou sobre os riscos aos quais podemos estar submetidos ao expor informações pessoais na internet. “Muitas pessoas se comportam nas redes sociais como se estivesse em um bar em um pequeno grupo de amigos, mas, uma vez que isso vai para uma rede social, você tira aquilo de um contexto íntimo e aquilo vai para um contexto público”, explica.

Fonte: EBC/Notícia

Foto: Bruno Fortuna

Grupo Aplateia