Secretário de Educação confirma manutenção de Coordenadoria Regional em Livramento

Anúncio foi feito em audiência com os vereadores Mauricio Del Fabro e Evandro Gutebier, presidente e vice-presidente do Legislativo Municipal

Uma possibilidade que vinha preocupando professores, profissionais de educação e autoridades locais foi oficialmente esclarecida na última quinta-feira, pelo secretário estadual de Educação, Faisal Karam: Livramento deverá continuar como sede de uma Coordenadoria Reginal de Educação, apesar de estar confirmada a decisão do novo Governo do Estado de reduzir o número de coordenadorias espalhadas pelo território gaúcho.
A garantia de Karam foi dada aos vereadores Maurício Del Fabro – GALO e Evandro Gutebier, respectivamente presidente e vice da Câmara Municipal, em audiência realizada na Capital do Estado. Os dois legisladores procuraram o Secretário preocupados com essa e outras questões ligadas à educação estadual em Livramento.
Acompanhado por técnicos da Seduc-RS, Karam explicou que a proposta é reduzir de 30 para 14 o número de Coordenadorias, racionalizando a estrutura, realocando servidores e economizando recursos importantes para investimentos em áreas importantes do ensino no Estado. O temor de que a 19ª CRE fosse uma das coordenadorias desativadas não se confirmou em razão das distâncias entre os municípios de sua área de abrangência. Ao contrário de Livramento, chega a haver coordenadoria que atende a apenas três escolas em sua região, segundo explicou o Secretário.
Após concluído o trabalho de readequação do número de coordenadorias, com a palavra final do governador Eduardo Leite, a SEDUC deverá definir os nomes dos novos coordenadores. “Isso estará definido até a primeira semana de fevereiro, a tempo de que se desenvolvam as atividades regulares para o início das aulas, no dia 18 do mês que vem”, relatou Galo Del Fabro.

Transporte Escolar

Outro tema importante abordado por Galo Del Fabro e Gutebier com o secretário estadual de Educação foi a questão do transporte escolar em Livramento para o ano letivo de 2019. Durante o encontro, realizado no gabinete da Secretaria Estadual de Educação – Seduc RS, Faisal Karam reafirmou o interesse em resolver o problema através da reintegração do Município ao Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar no Rio Grande do Sul (PEATE/RS).
Galo e Gutebier destacam que essa questão também passa por um trabalho de georreferenciamento do município. “O Estado vai buscar a racionalização desse serviço. Para se ter uma ideia, atualmente o Rio Grande do Sul gasta R$ 90 milhões por ano com merenda escolar, enquanto que o custo com o transporte escolar chega a R$ 177 milhões anuais”, compara Gutebier. Segundo eles, o Secretário informou que o Governo está disposto a custear a implantação do georreferenciamento em Livramento, o que vai permitir um controle e economia mais eficazes em relação ao transporte escolar.
Galo destaca ainda a disposição manifestada por Faisal Karam de enviar uma equipe técnica da Pasta para discutir o problema diretamente em Livramento.

Secretário Faisal Karam recebeu Galo e Evandro Gutebier em reunião com o setor técnico da pasta (Foto: Diego da Costa – SEDUC-RS)

Grupo Aplateia

Anúncios