qua, 17 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Para Rodrigo Lorenzoni, “omissão do governo federal com o Rio Grande é um escândalo”

O deputado Rodrigo Lorenzoni participou na manhã desta terça-feira (02), na sede da Confederação Nacional de Municípios, em Brasília, da Mobilização Nacional Permanente e da Marcha a Brasília pela Reconstrução de Municípios do Rio Grande do Sul.

Na pauta do evento, que reuniu parlamentares e cerca de 700 representantes de municípios gaúchos e gestores municipais de todo o país, estavam os recursos que efetivamente vieram para o RS, desoneração da folha de pagamento e refinanciamento das dívidas das prefeituras com a Previdência Social, pagamento do Fundo de Participação dos Municípios-Calamidade a todas as prefeituras gaúchas e a recomposição do ICMS.

À tarde, parlamentares e prefeitos se reuniram no Congresso onde estavam sendo discutidos Projetos de Lei e Medidas Provisórias relativas à equalização das contas dos municípios, em especial a questão previdenciária.

Governador não foi apoiar prefeitos

Em entrevista, Rodrigo Lorenzoni alertou que dos mais de 300 municípios que decretaram situação de emergência, mais de 200 ainda não receberam nenhum recurso da Defesa Civil Federal. Para ele, “é um escândalo, a omissão do governo com o Rio Grande do Sul. A grande mobilização que nós estamos fazendo aqui ao lado dos prefeitos e do povo gaúcho é para que o poder público federal possa tomar ciência e atitude para cuidar das pessoas”.

O deputado também lamentou a ausência do governador Eduardo Leite na mobilização. “Ele estava em Brasília e não veio apoiar os prefeitos que também representam o cidadão gaúcho. Mas nós estamos aqui, defendendo os municípios, defendendo o povo gaúcho e defendendo a reconstrução do Rio Grande”, afirmou.

Foto Rodrigo Savedra

Executivo pode estar querendo induzir Legislativo a irregularidade, adverte Lorenzoni

Depois de conhecer a estimativa do governo para o custo do pacote que prevê a reforma nas carreiras do funcionalismo, o deputado Rodrigo Lorenzoni foi à tribuna da Assembleia Legislativa RS, para manifestar suas principais preocupações. A bancada do PL, segundo o líder Rodrigo, “respeita, reconhece a importância do trabalho do servidor público e, da mesma forma, reconhece a legitimidade