qui, 11 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 06 e 07.07.24
Aplateia Digital | 06 e 07.07.24

Última Edição

Lula e Pimenta serão responsabilizados pelos empregos perdidos no RS, diz Rodrigo Lorenzoni

O deputado Rodrigo Lorenzoni subiu à tribuna nesta terça-feira (11), para fazer um alerta sobre as consequências da ineficiência e da morosidade das ações do governo federal para o socorro aos gaúchos e à economia do RS.

Na manifestação, Rodrigo relatou que a primeira folha de pagamento das empresas, após a catástrofe em que se perderam estoques, máquinas e até sedes, foi honrada com recursos próprios, “porque o governo federal não foi capaz de entregar aos trabalhadores um programa de manutenção e de proteção de empregos”.

Para o deputado, as viagens de Lula e Janja e os recursos destinados à compra desnecessária de arroz são a prova de que não há falta de dinheiro. E também não faltou tempo, segundo Rodrigo, pois o Programa Benefício Emergencial de Manutenção de Empregos e Renda, utilizado pelo presidente Bolsonaro na pandemia, estava pronto. “Além de demonstrar incompetência e má vontade, fica evidente que há uma decisão política de não ajudar de forma verdadeira aqueles que trabalham no nosso Estado. Porque a visão radical, sectária, que prevalece no Palácio do Planalto, é que o patrão, o empregador, o empreendedor é o inimigo que precisa ser abatido pela esquerda”, alertou Rodrigo.

Chega de passar vergonha!

“Cada emprego que se perder neste período por falta de apoio governamental tem um responsável que se chama Luiz Inácio Lula da Silva e subscreve com ele, Paulo Pimenta, que se envolve com uma montanha de assuntos, menos com a ajuda ao povo gaúcho. Estes dois são os responsáveis por cada emprego que for perdido no Rio Grande do Sul. E a verdade precisa ser dita. Se não for assim ou se isso não é verdade, que injetem recursos do orçamento para salvar os empregos dos gaúchos”, desafiou o líder da bancada do PL.

No final da fala, Rodrigo disse que está na hora do governador Eduardo Leite ter a postura e a coragem à altura do povo gaúcho. “Chega de sucumbir, chega de aceitar as chacotas do governo federal, chega de passar vergonha pelo desrespeito que o Lula tem com o povo gaúcho. Defenda os interesses do Rio Grande. Eles não são amigos do Rio Grande. Foram seus parceiros eleitorais, mas a eleição acabou. Defenda o povo do Rio Grande do Sul que nós estaremos ao seu lado”, garantiu.