sex, 12 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 06 e 07.07.24
Aplateia Digital | 06 e 07.07.24

Última Edição

Governo do RS acompanha visita técnica ao aeroporto internacional Salgado Filho

Grupo viu in loco alguns dos danos causados pela enchente que atingiu o Estado há mais de 30 dias. - Foto: Taís Teixeira

O Governo do RS, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), acompanhou uma visita técnica ao aeroporto internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, nesta segunda-feira (11/6). Composta por parlamentares estaduais e federais, e com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Claudio Bier, a comitiva foi guiada pela CEO da Fraport, Andreea Pal, que conduziu o grupo para ver in loco alguns dos danos causados pela enchente que atingiu o Estado há mais de 30 dias.

Durante a visita, o grupo viu alguns dos prejuízos causados em locais como as áreas de embarque e desembarque, salas internas e pista de aterrisagem e decolagem, que ficaram submersos por semanas. Depois da vistoria, o grupo dialogou com a Andreea, que respondeu a questionamentos dos presentes. Segundo a Fraport, seriam necessários ao menos R$300 milhões em investimentos para o local voltar a operar. O valor, porém, pode ser maior, uma vez que a concessionária não finalizou ainda a vistoria de todos os equipamentos e estruturas. Sobre a situação do aeroporto, Polo explicou: “O Salgado Filho é um ponto de extrema tensão e uma grande preocupação. O desejo e o trabalho é que nós consigamos retomar o mais rápido possível, mas ainda estão sendo feitas avaliações técnicas para que possamos ter um prazo mais exato de retorno das operações”, disse.

A previsão de retorno das atividades do Salgado Filho é em dezembro, estimativa que preocupa o titular da Sedec. “A apreensão é grande em relação à economia de forma geral. Pelo aeroporto chegam empresários, executivos e muitos turistas. A Serra Gaúcha e o turismo do Rio Grande do Sul estão muito impactados. Por isso estamos nesta visita e unindo esforços junto ao Estado e governo federal para que consigamos criar as melhores condições possíveis para a retomada dos trabalhos no aeroporto”, ponderou Polo.