qua, 17 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Livramento lançará planejamento estratégico de longo prazo

Projeto está sendo desenvolvido há dois anos em parceria com todas as áreas da sociedade civil
Francisco Trindade, secretário de desenvolvimento Rafael Damasceno, Marcelio Torres e Priscila Gonçalves (Foto: Gabriela Lopes/AP)

No Jornal da Manhã, da rádio RCC FM, nesta segunda-feira (10), o secretário de Desenvolvimento, Rafael Damasceno, anunciou o lançamento do planejamento estratégico que está sendo elaborado há dois anos com a participação de diversos setores da sociedade. O lançamento oficial ocorrerá no dia 27 de junho.

O planejamento estratégico foi desenvolvido com a colaboração de instituições de ensino, iniciativa privada, poder público e a sociedade civil organizada. Segundo o secretário, o objetivo é traçar um caminho de desenvolvimento para o município, abrangendo 21 setores distribuídos em dois grandes eixos que se subdividem em 15 microeixos.

Damasceno explicou que o trabalho começou com um diagnóstico detalhado de cada setor, a partir do qual foram definidas estratégias para promover o desenvolvimento em longo prazo, com foco na geração de emprego, renda e na melhoria do bem-estar da população tanto no centro quanto nos bairros da cidade. “O planejamento governamental precisa entender que os problemas crônicos de uma cidade demandam uma visão de longo prazo. Não se pode esperar soluções imediatas, embora muitas necessidades urgentes precisem ser atendidas,” destacou.

O secretário ressaltou que a abordagem adotada em Sant’Ana do Livramento é inspirada em casos de sucesso de outras cidades brasileiras que realizaram planejamentos estratégicos em décadas passadas, como Curitiba nos anos 1980, Gramado nos anos 1990 e Santa Maria no início dos anos 2000.

Um dos pontos críticos mencionados por Damasceno é a situação das vias públicas, com cerca de 50 km de ruas de terra nos bairros do município. Ele afirmou que promessas de asfaltar toda a cidade de uma só vez são irrealistas, mas que o planejamento estratégico estabelece metas anuais que, ao longo de dez anos, poderiam resultar na pavimentação completa dessas áreas. “É muito melhor ter uma promessa de longo prazo do que trabalhar sem uma perspectiva de quando as coisas vão acontecer,” argumentou.

O secretário enfatizou a importância da continuidade desse planejamento por parte das futuras administrações. “Desenvolvemos um planejamento com todas as áreas e membros da sociedade civil para que os próximos governos deem continuidade,” disse.

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem